Viagens no Brasil: Amazónia e Lençóis Maranhenses

Turismo ecológico e preservação ambiental: são estas as premissas que norteiam esta aventura pelas mais belas paisagens da região norte do Brasil. A exploração da floresta amazónica, as paisagens dunares dos Lençóis Maranhenses, cidades históricas e praias paradisíacas são alguns dos atributos desta viagem única que conjuga o património cultural, histórico e ambiental numa simbiose perfeita.

Esta viagem no Brasil inicia-se na cidade de Belém do Pará, situada nas margens do rio Guamá próxima da foz do rio Amazonas. Com cerca de meio milhão de habitantes é uma das maiores cidades da região norte do Brasil e porta de entrada na região da Amazónia.

Em Belém, terá a oportunidade de realizar um passeio que lhe permite conhecer os principais locais turísticos da cidade como sejam o centro histórico, o Complexo Ver-o-Peso, o Museu Emilio Goeldi, Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, a Praça da República, o Teatro da Paz e o Parque Mangal das Garças.

No terceiro dia, parte-se de Belém para um passeio nos rios Guamá e Acará, onde poderá conhecer e entrar em contacto com o quotidiano das populações ribeirinhas, desde os pescadores que comercializam o peixe fresco junto ao porto, aos agricultores que trazem os seus produtos para a cidade e aos vendedores de artesanato.

Durante esta viagem pode ainda apreciar a vegetação luxuriante da região, com particular destaque para algumas espécies arbóreas como o açaizeiro, a seringueira, ou a samaumeira. Este será um dia repleto de sensações únicas, onde poderá imergir na cultural local e deslumbrar-se com a paisagem natural da região.

No dia seguinte ruma-se à ilha de Marajó, num barco de carreira regular, que faz a ligação entre Belém e Camará. A viagem tem a duração aproximada de três horas. A ilha situa-se a sudeste da capital do estado na foz do rio Amazonas. Com um clima tipicamente equatorial, a ilha apresenta uma vegetação densa e exuberante com extensas áreas lacustres, onde predomina o ecossistema de mangal.

Este destino tem vindo a ser descoberto pelos turistas nas últimas duas décadas. No entanto, aqui não existe turismo de massas nem grandes empreendimentos hoteleiros. A preservação do ambiente e da paisagem são pilares essenciais da estratégia de desenvolvimento turística desta região, através da dinamização do ecoturismo.

As praias são um dos principais cartões de visita da ilha de Marajó. Aqui terá a oportunidade de realizar diversas actividades como ir a banhos nos areais da praia Grande e da praia do Pesqueiro e desfrutar das águas amenas e da paisagem natural, bem como visitar a cidade de Salvaterra e ainda ficar a conhecer uma fazenda típica de criação de búfalos, um dos símbolos desta ilha.

Hotel de Selva Ariaú Amazon Towers
Hotel de Selva Ariaú Amazon Towers

Após quase três dias em Marajó é altura de regressar a Belém para apanhar o avião para a cidade de Manaus, de onde se segue numa lancha rápida, durante quase duas horas de viagem, em direcção à Floresta Amazónica. O alojamento na floresta será no Hotel de Selva Ariaú Amazon Towers em regime de pensão completa. Situado em plena floresta, este empreendimento é construído sobre palafitas de madeira à mesma altura da copa das árvores, onde pode avistar a fauna local composta por macacos, araras, botos cor-de-rosa ou papagaios.

Durante dois dias poderá explorar a selva numa expedição única que lhe permite entrar em contacto com as tribos nativas, passear ao longos dos cursos de água de canoa, participar numa pesca à piranha, observar jacarés no seu espaço natural, entre outras actividades.

Deixando a floresta amazónica ruma-se à São Luís do Maranhão, com passagem por Manaus. Capital do estado de Maranhão, São Luís situa-se na ilha de Upaon-Açu, nome nativo que significa “ilha grande”, sendo a principal aglomeração urbana com cerca de um milhão de habitantes.

Durante a permanência em São Luís, poderá visitar a cidade com particular realce para diversos locais de interesse turístico, como sejam o bairro antiga da cidade, o Palácio dos Leões datado do século XVII, a Praça de D. Pedro II, o Tribunal da Justiça, a Igreja da Sé Nossa Senhora da Vitória, o Centro de Cultura e Convento das Mercês e o Museu de Arte Sacra-Histórico, bem como as praias da região.

No dia seguinte visita-se a cidade de Alcântara, situada na margem oposta à Baía de São Marcos, a pouco mais de vinte quilómetros de São Luís. A cidade histórica de Alcântara possui diversos atributos do ponto de vista arquitectónico como a Capela das Mercês, a Igreja do Desterro, o Pelourinho, o Convento do Carmo ou a Fonte das Pedras. Inserida num contexto paisagístico de grande exuberância, Alcântara também encanta pela sua beleza natural.

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

Os últimos dias desta grande viagem no Brasil são dedicados a visitar um dos pontos altos desta viagem: o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Situado nas margens do rio Preguiças, a cerca de 300 quilómetros de São Luís do Maranhão, o parque corresponde a uma reserva ecológica constituída no início da década de 80 do século passado, que se estende por cerca de 150.000 hectares, onde se pode encontrar extensas lagoas, dunas e mangais.

Esta região formou-se ao longo de milhares de anos por acção da precipitação e do vento. O nome “lençóis” deriva da sensação que a paisagem transmite ao observador, parecendo extensos lençóis brancos que se agitam com a acção do vento. A paisagem desértica, no entanto, é enganadora, pois aqui a precipitação é abundante, fruto da proximidade ao Equador. É precisamente a chuva que forma as lagoas que se estendem por quase toda a área do parque e que faz desta reserva, um local único no mundo.

A descoberta deste parque é complementada com a visita à cidade de Barreirinhas, principal porta de entrada do parque, à Lagoa Azul e Bonita, por um passeio pelo rio Preguiças e pela praia de Caburé numa lancha “voadeira”, por uma visita à comunidade piscatória de Mandacaru e ainda por um passeio em todo-o-terreno para conhecer os grandes “lençóis” dunares. A viagem termina em São Luís do Maranhão, de onde se regressa com destino a Portugal.

Esta viagem de 15 dias pelas mais belas paisagens do Brasil é organizada pela agência de viagens 4×4. O programa denominado Transamazónia tem preços em 2014 a partir de 3.790€ por pessoa. O valor da viagem inclui passagens aéreas na TAP, estadias em Belém (Hotel Crown Plaza), Ilha de Marajó (Pousada Canto do Francês), Manaus (Hotel Tropical Manaus), Amazónia (Hotel Ariaú Amazon Towers), São Luís (Hotel Rio Poty), Barreirinhas (Pousada Buriti), transferes e seguro de viagem. As partidas diárias realizam-se desde Lisboa, Porto e Faro.

Para mais informações sobre esta viagem no Brasil, consulte a agência de viagens 4×4.

SEM COMENTÁRIOS