Cruzeiro Temático Vinhos e Sabores

0

A Classic International Cruises propõe um cruzeiro temático denominado Vinhos e Sabores a bordo do paquete Funchal com partidas de Lisboa a 13 e 20 de Setembro.

O itinerário deste cruzeiro prevê paragens nos portos espanhóis de Gijón e Bilbau, e nos portos franceses de Saint Nazaire (Nantes) e Le Verdon (Bordéus).

A bordo do paquete Funchal vai poder conhecer o mundo dos vinhos portugueses com conferências e sessões de degustação, bem como explicações técnicas de prova e preparação dos vinhos por parte de especialistas da área vitivinícola.

A boa gastronomia também se encontra presente neste cruzeiro com provas de diversos pratos sob assinatura do Chef Jacome.

Do ponto de vista cultural, este cruzeiro também lhe permite conhecer diversas cidades portuárias ricas em História.

Vinhos e Sabores, a nova proposta de cruzeiros

Cruzeiro “Vinhos e Sabores”

Em Gijón poderá visitar diversos museus, nomeadamente o Museu da Gaita-de-foles e o complexo Laboral Centro de Arte e Criação Industrial onde se destaca a arte contemporânea, a ciência e as novas tecnologias. Em Bilbau, destaca-se a arquitectura vanguardista, como sejam o Museu Guggenheim e o Palácio de Congressos e da Música Basca.

A localidade de Saint Nazaire situa-se na foz do rio Loire e é uma cidade onde a construção naval tem uma grande relevância, sendo a porta de entrada para a cidade de Nantes.

O acesso a Bordéus faz-se por Verdun. Esta região é reconhecida internacionalmente pelos seus vinhos e tem um legado histórico assinalável, sendo que o centro da cidade é Património Mundial pela UNESCO.

Os preços para este cruzeiro variam entre 635 euros (cabine interior) e 1800 euros (suite exterior). As crianças têm alojamento grátis. Os preços não incluem taxas portuárias no valor de 70 euros. O preço final inclui transportes grátis de Coimbra e do Porto para Lisboa; pensão completa; e seguro de viagem.

A Tui Viagens tem uma oferta especial para este cruzeiro com uma promoção denominada “2.º passageiro grátis”.

Partilhar.