Viagem à Eslovénia – Alpes Julianos, Monte Triglav e Lago Bled

Entre a Eslovénia e a Itália, os Alpes Julianos oferecem ao viajante uma das mais belas paisagens de montanha do mundo. Numa caminhada de cinco dias, por cenários alpinos de rara beleza, suba até ao Monte Triglav, percorra áreas densas de floresta, e deslumbre-se com a beleza indescritível do Lago Bled.

No primeiro dia desta viagem chega-se à capital eslovena, Ljubljana, partindo logo em seguida para a vila medieval de Bled, situada no Noroeste do país.

Esta povoação é um dos destinos turísticos mais populares da Eslovénia, com paisagens idílicas expressas nas densas florestas, nos cenários de montanha e no espelho de água do lago Bled. Após a pernoita nesta localidade, segue-se de mini bus até ao lago Bohinj. Daqui sobe-se de teleférico até ao local de início da travessia.

O trekking pelos Alpes Julianos começa verdadeiramente no terceiro dia, ao rumar-se em direcção ao Vale dos Lagos, nascente do rio Sava, que termina no Mar Negro.

É precisamente nesta região que se situam os sete lagos de Triglav, de origem glaciar, que concedem ao espaço envolvente uma imagem de beleza invulgar.

Em plena montanha, a paisagem é dominada pela rocha-mãe e por cascalheira calcária, de onde sobressai uma vegetação herbácea e rasteira, própria dos ambientes de altitude. O ponto alto desta caminhada surge no quarto dia com a ascensão ao monte Triglav, o local de maior altitude da Eslovénia e dos Alpes Julianos, com 2864 metros.

Lago Bled. Fonte: wikipedia.org
Do topo da montanha tem-se uma visão extraordinária sobre a paisagem envolvente, numa visão de 360 graus. Em dias sem nebulosidade é possível avistar o território austríaco e croata. A noite é passada no refúgio de montanha de Triglav, um dos mais conhecidos da Eslovénia.

Após um dia intenso de trekking é altura de abrandar o ritmo e seguir por trilhos que oferecem belas panorâmicas sobre os Alpes Julianos e usufruir descontraidamente a paisagem. Rumo a Nordeste segue-se para Debela Pec, de onde pode avistar o Triglav, alcançado no dia anterior.

Iniciando o percurso de descida, o cenário vai-se alterando à medida que a altitude diminui, ao transitar-se da paisagem agreste de alta montanha para a densa floresta de Pokljuka, uma das mais belas da Eslovénia, até se chegar a Bled. No último dia pode aproveitar para desfrutar das belas paisagens do lago, onde pode realizar diversos percursos pedestres ou praticar actividades náuticas.

Este programa de trekking é organizado pela agência de viagens Nomad que anuncia preços a partir de 735 euros. O preço do pacote de viagem prevê alojamento durante duas noites num hotel e quatro noites em refúgios de montanha em regime de meia-pensão, transportes locais e transferes, acompanhamento com guias de montanha e percurso de teleférico.

Refira-se que os voos para a Eslovénia não se encontram incluídos no preço final. As partidas realizam-se entre Junho e Setembro em datas específicas.

SEM COMENTÁRIOS