Munique – A Alma da Baviera no Coração dos Alpes

Numa escapadinha de fim-de-semana, conheça Munique, a capital da Baviera, rodeada de verde e envolta pelos Alpes.

Compras, gastronomia, cerveja, cultura e animação são alguns dos elementos que irá encontrar na cidade que renasceu com uma nova alma, após a Segunda Guerra Mundial.

A cidade de Munique situa-se no Sudeste da Alemanha, nas margens do rio Isar, a norte dos Alpes Bávaros. Com um pouco mais de 1 milhão de habitantes, e quase 3 milhões na sua área metropolitana, Munique é o terceiro maior aglomerado urbano da Alemanha, a seguir a Berlim e Hamburgo.

O centro da cidade (Altstadt) desenvolve-se ao longo da Marienplatz, Karlsplatz e da Odeanplatz. Dos lugares a visitar destacam-se o Museu da Cidade; o Museu de Brandhorst, dedicado à arte moderna e contemporânea; a Asamkirche uma igreja de estilo rococó; a igreja Michaelskirche datada do século XVI; a Coluna de Santa Maria; a Câmara Municipal (Neue Rathaus); bem como as ruas comerciais Maximilian strasse, Sendlinger strasse, e Ludwig strasse.

Munique. Autor: Bob Tubbs
Centro histórico de Munique
A cidade de Munique é ainda conhecida pelo Festival de Cerveja – Oktoberfest – que ocorre no mês de Outubro, desde 1810. Durante este evento a cidade enche-se de turistas, estimando-se que todos os anos ocorram a este festival cerca de 6 milhões de visitantes em busca da melhor cerveja e das típicas salsichas.

O operador turístico Lusanova Tours sugere um programa de férias para uma escapadinha de fim-de-semana com partidas de Lisboa e Porto em voos das companhias aéreas TAP ou Lufthansa durante todo o ano.

O pacote de férias tem a duração de três dias e duas noites. Os hotéis propostos têm a categoria de 3 estrelas (Schweiz e Creatif Elephant) e de 4 estrelas (Courtyard by Marriott City Centre e Éden Wolf).

Os preços mais baixos anunciados, começam nos 351 euros para alojamento no hotel Schweiz.

O operador sugere ainda algumas excursões opcionais, nomeadamente aos Castelos Neuschwanstein e de Linderhof, no coração dos Alpes Bávaros, e à cidade austríaca de Salzburgo, terra natal de Mozart, com possibilidade de realizar uma visita panorâmica pela cidade e um passeio de barco pelos lagos Wolfgang e Mondsee.

SEM COMENTÁRIOS