A Noite de Madrid – Roteiro de Bares e Cafés

A noite de Madrid é famosa por ser uma das melhores da Europa, com animação constante ao longo de todo o ano.

Um pouco por toda a cidade, proliferam os bares e cafés onde se pode beber e comer tapas.

Neste pequeno roteiro, destacamos alguns dos locais mais emblemáticos, pontos de passagem obrigatória numa saída à noite em Madrid.

Bares históricos em Madrid

Lugar de tertúlias literárias no período que seguiu à Guerra Civil espanhola, é assim que podemos caracterizar o histórico Café Comercial, um dos maiores e mais antigos cafés de Madrid. Ainda hoje conserva a decoração com mármores e bancos de couro que data da renovação a que foi sujeito em 1953. O café é hoje frequentado por uma clientela diversificada. É um bom local para iniciar a noite madrilena (Glorieta de Bilbao 7).

A Cervecería Alemana oferece uma seleção de cervejas espanholas mais vasta do que o habitual. O interior não é desagradável, mas no verão os lugares na esplanada são os mais disputados. O local não não terá mudado muito deste o tempo em que Hemingway o frequentava (Plaza de Santa Ana 6).

O Museo Chicote na Gran Vía é um dos bares mais emblemáticos de Madrid. Fundado em 1931, o Museo Chicote orgulha-se de ter inventado mais de cem cocktails sujeitos ao crivo de famosos como Ava Gardner, Grace Kelly, Sophia Loren e Frank Sinatra. Ainda hoje, o bar é frequentado por estrelas do cinema e da alta sociedade madrilena. A partir da meia-noite, o bar recebe DJ’s que animam a noite (Gran Vía 12; encerrado ao domingo).

Sair à Noite em Madrid - Café Delic
Sair à Noite em Madrid – Café Delic

Cafés de Eleição na Capital Espanhola

O Café Gaudeamus situa-se no terraço do edifício da Universidad Nacional de Educación a Distancia, enquadrado por uma igreja em ruínas e com vista para os telhados das várias “corralas” de Lavapiés (edifícios típicos de Madrid). O café serve refeições ligeiras e bebidas. Costuma encher nas noites de verão (Calle del Tribulete 14, 4º andar; encerrado ao domingo).

O Delic impôs-se como uma referência de Madrid. Situado numa das mais belas praças da cidade, este café bar é famoso pelos seus mojitos e caipirinhas. O Delic serve ainda refeições, além de uma variedade de bolos, tartes, muffins, merengues, etc. (Costanilla de San Andrés 14).

No último andar do hotel ME Madrid situa-se o The Roof, que oferece vistas magníficas sobre a capital espanhola. Durante o verão, é um dos bares da moda, marcado por uma atmosfera sofisticada e elegante (Plaza de Santa Ana 14).

À Descoberta das Tabernas

A Casa Alberto é uma das tabernas mais típicas de Madrid. Fundada em 1827, a Casa Alberto deve a sua longa vida ao vermute de pressão e aos excelentes pratos e tapas servidos no restaurante (Calle de las Huertas 18; encerrado ao domingo à noite e à segunda).

Os vinhos são a especialidade da Taberna Tempranillo. A extensa seleção de vinhos, muitos deles servidos a copo, acompanham as tapas caseiras. A taberna não está aberta até muito tarde, mas está sempre cheia ao início da noite e ao domingo à tarde (Calle de la Cava Baja 38).

La Venencia é um clássico das tabernas madrilenas. A taberna é frequentada pelos clientes regulares e por estrangeiros que tomaram conhecimento do local através de algum guia turístico. Os vinhos xerez de Jerez, Manzanilla, Palo Cortao, tirados diretamente da pipa, são a única bebida que acompanha as tapitas andaluzas que também aqui se servem. Juntamente com La Cervecería Alemana, La Venencia fazia parte dos refúgios de Hemingway em Madrid (Calle de Echegaray 7).

Se está a planear uma visita à capital espanhola, consulte também os melhores hostels de Madrid, e aproveite para construir um roteiro à medida usando uma das várias sugestões de apps para planear viagens.

O site do Turismo de Madrid contém informações complementares sobre a cidade.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

two × four =