Observação de Ursos na Finlândia

Numa viagem pelo Norte da Europa, experimente algo de único e faça um programa de férias dedicado à vida selvagem, como a observação de ursos castanhos, no seu habitat natural.

Os dois primeiros dias desta viagem são passados em Helsínquia, capital da Finlândia. Os dias são inteiramente livres para descobrir a cidade à sua medida. Dos lugares de visita obrigatórios, destacam-se a Catedral Luterana de São Nicolau datada do século XIX, a Praça do Senado, o Palácio Governamental, a catedral ortodoxa Uspenski, a igreja escavada na rocha de Tempeliaukio, o Museu Nacional da Finlândia, a Praça do Mercado, a estação de comboios, a sala de concertos de Helsínquia ou os bairros de art Noveau de Katajanokka e Ullanlinna.

Uma boa maneira de conhecer a cidade, sem gastar muito dinheiro, é apanhar o eléctrico 3T que passa pelas principais atracções turísticas de Helsínquia. As ilhas de Suomenlinna, Património da Humanidade pela UNESCO, e de Seurasaari são outras propostas de visita para um dia passado ao livre. Aqui encontrará amplos espaços verdes, construções típicas em madeira e edificações datadas do século XVIII, num ambiente natural com paisagens emblemáticas.

No quarto dia deste circuito, segue-se para a localidade de Kuhmo, após uma viagem de avião entre a capital e Kajaani. Próximo do Circulo Polar Árctico e da fronteira russa, Kuhmo é uma pequena povoação com cerca de 10 000 habitantes situada na região centro da Finlândia no extremo Oriental. Esta localidade é o ponto de partida para a observação de ursos nesta região finlandesa.

Observação de UrsosNo dia seguinte realiza-se uma excursão até à vila de Kalevala, onde se visita o Centro Natural de Petola, onde pode ver uma exposição dedicada aos animais carnívoros e predadores. Ao fim da tarde, ruma-se ao Centro do Urso Castanho, entre a Finlândia e a Rússia. Neste local terá a oportunidade de observar os ursos no seu ambiente natural em abrigos concebidos para o efeito. Será aqui que passará a noite, tendo à sua disposição alimentação máquinas forográficas e binóculos.

No sexto dia regressa-se a Kuhmo, onde terá a possibilidade de realizar diversas actividades ao ar livre como passeios a pé e de bicicleta, ou ainda realizar uma pescaria. No último dia ruma-se a Helsínquia, de onde se parte em direcção a Portugal.

O urso castanho (Ursus arctos) é um dos símbolos da Finlândia, estimando-se que existam cerca de mil indivíduos. O melhor período do ano para a observação de ursos situa-se entre meados de Abril e Agosto.

Este programa de férias é organizado pelo operador turístico Nordictur, especializado em viagens na Escandinávia e nos Países Bálticos, que anuncia preços a partir de 1495 euros.

O valor final da viagem inclui cinco noites de alojamento em hotéis de primeira classe com pequeno-almoço, uma noite no centro de observação de ursos, três jantares, visitas guiadas, e voos de ida e volta na companhia aérea Finnair. Para informações adicionais sobre este pacote de férias consulte a sua agência de viagens habitual.

SEM COMENTÁRIOS