Paisagens e Contrastes do Panamá – O Que Ver e Fazer

O Panamá, mercê da sua localização geográfica entre os oceanos Atlântico e Pacifico, foi desde sempre um local estratégico do ponto de vista comercial e um lugar de cruzamento de culturas.

Esta é uma viagem que leva o viajante a descobrir algumas cidades históricas de origem colonial, a multifacetada capital do país, o Canal do Panamá, e o Parque Nacional de Chagres.

Este circuito inicia-se na cidade do Panamá, a capital do país, onde terá a oportunidade de realizar uma visita guiada pelos principais pontos turísticos da cidade, entre os quais se destacam o centro histórico (Panama La Vieja), o “Casco Antigo”, a Plaza de la Catedral, e o Museu do Canal Interoceânico.

No centro histórico da cidade pode encontrar vestígios arquitectónicos da época da colonização espanhola. Durante o primeiro quartel do século XVI, a cidade do Panamá, fundada pelo conquistador espanhol Pedro Arias de Ávila, funcionava como base para as expedições na América do Sul, nomeadamente para o Peru, sendo ainda um importante entreposto comercial.

O “Casco Antigo” ou “Casco Viejo” é uma mistura de estilos arquitectónicos que reflecte a diversidade cultural da cidade.

Aqui podem ser encontrados exemplares de arquitectura típica das Caraíbas, de Art Deco, e ainda influências francesas e americanas. A Catedral Metropolitana, o Monumento de Las Bovedas, o Teatro Nacional, a Igreja de La Merced e de San Felipe Neri são alguns dos elementos que traduzem a diversidade arquitectónica da cidade do Panamá.

Vista da Cidade do Panamá
Vista da Cidade do Panamá
No dia seguinte parte-se de comboio em direcção à cidade de Colón. Durante o percurso terá a oportunidade única de atravessar o Canal do Panamá que liga os Oceanos Atlântico e Pacifico, ao longo de uma paisagem luxuriante dominada pela floresta tropical.

Chegados à localidade de Portobelo, situada na província de Colón, realiza-se uma visita pelas ruínas do porto e da igreja local de inspiração colonial. Durante os séculos XVII e XVIII, esta cidade foi uma importante fortaleza espanhola, que recebia especiarias e metais preciosos, provenientes das colónias da América do Sul.

De regresso à cidade do Panamá visita-se a comunidade indígena do Parque Nacional Chagres, situado na região oriental do país. Aqui terá a possibilidade de entrar em contacto com as tradições, modos de vida e hábitos dos índios Emberá, bem como explorar a floresta tropical e apreciar a fauna local e as paisagens deslumbrantes com quedas de água e uma densa vegetação.

No dia seguinte realiza-se um passeio de barco singular entre o Oceano Pacífico e o Oceano Atlântico, onde poderá admirar a baía do Panamá, ver a Ponte das América e passar pelas eclusas de Miraflores e de Pedro Miguel, através do Lago Gatun. Os dois últimos dias são inteiramente dedicados à capital, podendo realizar diversas excursões opcionais, fazer compras ou simplesmente explorar a cidade a seu bel-prazer.

Esta viagem de oito dias pelo Panamá encontra-se disponível na agência online Netviagens. Os preços iniciam-se nos 2652 euros, por pessoa, em regime de ocupação dupla. O programa é válido para partidas até 15 de Dezembro, encontrando-se sujeito à disponibilidade de lugares.

O preço do pacote de férias inclui alojamento, passagem aérea de ida e volta na companhia aérea holandesa KLM, transporte do aeroporto para a unidade hoteleira e vice-versa, visitas guiadas conforme o itinerário, taxas e seguro de viagens.

SEM COMENTÁRIOS