Nos Passos de Darwin com Gonçalo Cadilhe

150 anos depois, o escritor e viajante Gonçalo Cadilhe revisitou os locais por onde passou o naturalista Charles Darwin com o objetivo de “documentar experiências pessoais em livros de viagens”.

A “viagem” resultou na exposição “Nos Passos de Darwin” patente no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra. A entrada é gratuita.

Nesta exposição é possível “viajar” pelo Cabo da Boa Esperança (África do Sul), Galápagos (Equador), Patagónia (Argentina), Polinésia Francesa, entre muitos outros destinos, e ficar a conhecer um pouco da história associada a Darwin que ao longo das suas viagens foi recolhendo espécimes e obtendo observações que mais tarde deram origem à teoria da evolução, consagrada na obra “A Origem das Espécies”.

Viagens com Gonçalo Cadilhe
Nos passos de Darwin
A exposição “Nos Passos de Darwin” pode ser visitada de terça-feira a domingo, entre as 10h e as 18h, até 31 de Maio.

O evento está inserido na XIV Semana Cultural da Universidade de Coimbra com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia e da Fundação Calouste Gulbenkian.

O viajante e escritor Gonçalo Cadilhe é autor de várias obras sobre a temática das viagens. São dez livros que contam perspetivas muito pessoais sobre a arte de viajar sempre com um tema no horizonte.

Passagem para o Horizonte, Um Lugar Dentro de Nós, Encontros Marcados e o O Mundo é Fácil são as obras mais recentes do autor.

Gonçalo Cadilhe organiza ainda viagens de grupo por territórios e locais que normalmente estão associados aos seus livros. As viagens são feitas em parceria com a Pinto Lopes Viagens. Os programas incluem visitas à Nicarágua, Costa Rica e El Salvador, Namibia, e à região da Ligúria em Itália.

SEM COMENTÁRIOS