Safaris em África: Quénia, Namíbia e Botswana

Nas suas próximas férias sinta o calor de África, deslumbre-se com paisagens fascinantes e visite santuários de vida selvagem.

A agência online Netviagens disponibiliza diversos programas de safari no continente africano, com especial destaque para os circuitos na Namíbia, no Quénia e no Botswana.

Na Namíbia sugere-se em circuito em todo-o-terreno, onde pode ficar a conhecer a capital namibiana Windhoek, o Parque Nacional de Etosha, um dos santuários de vida selvagem mais visitados em África, e o deserto do Namibe, a partir de 2576 euros.

O Parque de Etosha, localizado no Noroeste do país, foi criado em 1907, num período em que a Namíbia era uma colónia alemã. Situado numa região semi-desértica, com cerca de 130 quilómetros de extensão, o parque oferece uma oportunidade única para observar leões, rinocerontes, girafas, elefantes, bem como impalas, flamingos ou pelicanos.

Este programa inclui ainda a visita a Twyfelfontein, onde se atravessa uma paisagem vulcânica de rara beleza e se visitam as pinturas rupestres do povo Bushman, com cerca de 5000 anos; à cidade de Swakopmund, onde se realiza uma visita guiada; e ao deserto do Namibe, com especial destaque para as dunas de Sossusvlei e Deadvlei, e para o desfiladeiro de Sesriem.

À Descoberta dos Big Five no Quénia
Safari no Quénia
No Botswana propõe-se um programa, com a duração de oito noites e cinco dias, que inclui a descoberta do delta do Okavango e as Cataratas Victória, com preços a partir de 3005 euros.

O circuito pelo Botswana inicia-se numa das maiores maravilhas naturais do continente africano, as Cataratas Victória. Situadas entre o Zimbabwe e a Zâmbia possuem uma extensão de quase dois quilómetros e uma altura de cem metros. Em 1989 foram nomeadas como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Após quase dois dias nesta região parte-se de avioneta em direcção ao delta do Okavango, onde terá a oportunidade de realizar um safari e avistar a vida selvagem do parque natural.

No Quénia sugere-se o circuito na “Rota dos Masai” num programa de nove dias e seis noites, a partir de 2096 €. A partir da capital queniana, Nairobi, ruma-se ao Parque Nacional de Aberdare, onde pode entrar em contacto com a única comunidade de chimpanzés existente no país, bem como realizar diversas actividades ao ar livre como um safari a pé, rotas ornitológicas, e visitas a orfanatos de animais.

Um dos pontos altos desta viagem é a passagem pela Reserva Natural de Maasai Mara onde terá a oportunidade de ver os “Big Five”, nomeadamente elefantes, búfalos, rinocerontes, leopardos e leões.

Em todos os programas ficará alojado em unidades hoteleiras de classe turística. Os voos são assegurados pelas companhias aéreas Lufthansa (Namíbia e Botswana) e KLM (Quénia). Os preços incluem ainda os transportes internos e transferes, safaris e visitas aos locais enunciados em veículos todo-o-terreno, guias locais, e ainda seguro de viagem.

SEM COMENTÁRIOS