Viagem à Antárctida – Ao Encontro dos Pinguins Imperadores

O continente da Antárctida é dos lugares mais remotos do planeta, onde a acção humana é praticamente nula. Para se chegar a este território, que tem tanto de inóspito como de belo, é necessário embarcar em navios quebra-gelos que levam os viajantes ao encontro das mais belas paisagens nevadas e da vida selvagem no seu mais verdadeiro habitat natural.

Esta é uma viagem única que passa por lugares imutáveis e intocáveis. Embarcar nesta viagem é viver uma aventura em todos os sentidos. Uma viagem de uma vida.

A jornada pelo continente gelado inicia-se em Ushuaia, situada no sopé da cordilheira andina, em pleno Parque Nacional da Terra do Fogo na Argentina. A bordo do navio quebra-gelo, viaja-se ao longo da passagem de Drake, entre o cabo Horn (Chile) e as ilhas Shetland, que liga o extremo sudoeste do oceano Atlântico com o extremo sudeste do oceano Pacifico.

Entre o quinto e o sétimo dia de viagem chega-se à colónia de Snow Hill na costa do mar de Weddell. O navio lançará âncora ao largo da ilha e o transporte até à colónia será realizada de helicóptero.

Durante alguns dias poderá observar os pinguins imperadores no seu habitat natural em intensa actividade, após longos meses de inverno austral.

Antártida

Pinguins na Antártida

Os dias posteriores serão dedicados à exploração do continente branco por rotas que serão definidas no momento, atendendo às condições meteorológicas locais.

Durante a navegação terá a oportunidade observar grandes icebergues, diversas colónias de pinguins, nomeadamente os Chinstrap, os Gentoo, e os Adélia. O regresso a Ushuaia faz-se novamente pela passagem de Drake, passando pela ilha de Snow Hill e pela colónia de pinguins imperadores.

Esta grande viagem é organizada pela agência Nomad, especializada em expedições e viagens de aventura, que divulga preços a partir de 7500 euros, por pessoa.

Este valor inclui alojamento em Ushuaia, viagem no quebra-gelo em regime de pensão completa, excursões a bordo do navio e transferes de helicóptero, programa educacional com especialistas em vida selvagem, transferes para o hotel, navio e aeroporto, equipamento (botas de borracha e impermeável) e ainda excursão ao Parque Nacional na Terra do Fogo.

No preço final não se encontram incluídos os voos internacionais entre Portugal e Ushuaia. Esta viagem realiza-se nos meses de Outubro e Novembro.