Guia de Viagem: Budapeste, as Duas Margens do Danúbio

Budapeste é uma cidade fascinante, com inúmeros pontos de interesse. É o destino ideal para uma escapadinha ou um fim-de-semana prolongado.

Capital da Hungria, Budapeste localiza-se na Europa Central e é atravessada pelo rio Danúbio. A cidade foi constituída em 1873 pela união das cidades Buda, na margem direita do rio Danúbio, e Peste, na margem oposta.

Com a Queda do Muro de Berlim em 1989, e a desintegração do bloco soviético, o país converteu-se na República da Hungria, e em 2004 entrou na União Europeia. Em pouco tempo, Budapeste tornou-se um dos destinos turísticos europeus mais atrativos, sendo muitas vezes apelidada de “Paris de Leste”.

Buda

Vistas da cidade

Vista panorâmica de Buda

Buda corresponde à parte mais alta da cidade. Repleta de palácios e mansões de estilo barroco, neoclássico e rococó, oferece uma panorâmica sobre a cidade e o rio Danúbio.

O bairro do Castelo integra os principais pontos de interesse do lado de Buda. Destacam-se o Bastião dos Pescadores, a Igreja de São Mateus, o Museu de História de Budapeste, a Galeria Nacional, o Palácio Real, as várias lojas de antiguidades, e o turístico Café Miró, local de paragem obrigatório numa visita pelo bairro. Ainda do lado de Buda, não pode perder uma visita às termas de Gellért.

Peste

Parlamento de Budapeste

Vista do Parlamento à noite

Peste corresponde à a zona comercial e administrativa, marcada pelo edifício do Parlamento e por lindíssimas avenidas e mansões que marcam esta parte da cidade. Aqui, pode encontrar uma oferta variada de lojas e restaurantes. Uma ida ao teatro ou à ópera pode significar uma experiência diferente a preços muito económicos (desde 10€).

A principal avenida do lado de Peste, Andrássy Utca, é uma avenida comercial com lojas, restaurantes e cafés. Também aqui se localiza a Ópera Nacional, e a Casa do Terror, sede Partido Nazi Húngaro até 1944, ano em que passou para as mãos do Partido Comunista (1945-1956), sendo hoje um museu que conta os últimos 50 anos da história da Hungria.

Praça dos Heróis

Praça dos Heróis

Seguindo a avenida irá encontrar a Praça dos Heróis, simbólica homenagem aos fundadores da nação, o Museu das Artes e as termas de Szecheny.

Junto ao Danúbio, ainda do lado de Peste, pode apanhar o eléctrico n.º 2 para uma viagem com belas vistas sobre Buda. No meio do rio, a ilha Margarita surge como um oásis no meio da paisagem urbana. Entre Peste e Buda, as diversas pontes sobre o Danúbio moldam a paisagem, em particular a Ponte das Correntes que é a mais emblemática de entre todas as pontes da cidade.

Quando Ir

A melhor altura para visitar a cidade é entre abril e setembro, altura em que as temperaturas são amenas. No entanto, tratando-se de um clima continental temperado, nos meses de julho e agosto as temperaturas podem facilmente ultrapassar os 30ºC.

Saber Mais
Clima de Budapeste

Onde Ficar

Ponte das Correntes em Budapeste

Ponte das Correntes

A cidade de Budapeste tem uma oferta diversificada em termos de hotéis, com a presença das maiores cadeias internacionais.

Como Ir

A TAP voa directamente de Lisboa para Budapeste com tarifas a rondar os 220€. Mais informações na nossa página sobre como chegar a Budapeste.

Saber Mais

Para obter mais informações, consulte o site oficial do Turismo de Budapeste.