Guia de Viagem: Tallinn, Uma Surpresa no Báltico

0

Entre o passado medieval e a tecnologia emergente, Tallinn, a capital da Estónia, é uma cidade cosmopolita que sabe conciliar o ambiente quase futurista da parte nova da cidade com a serenidade nostálgica da cidade velha.

Local de disputas e conflitos no passado, Tallinn é hoje uma cidade simpática e hospitaleira que se insere num “país frio com um coração quente”, como refere a publicidade turística do país.

Talin situa-se no golfo da Finlândia na costa norte do Mar Báltico, a cerca de 80 km a sul da capital finlandesa. Com cerca de 400 mil habitantes, a cidade representa quase um terço da população total do país.

Cerca de 40% dos residentes de Tallinn são de nacionalidade russa, sendo a cidade da União Europeia com maior número de cidadãos residentes originários de países fora da União Europeia.

Ao nível da economia, para além da actividade portuária e da indústria alimentar, as tecnologias de informação têm vindo a ganhar mais peso na estrutura económica da cidade. Em 2005, o jornal norte-americano New York Times caracterizou a Estónia e a sua capital como “a Silicon Valley do Mar Báltico”.

A fundação da cidade de Tallinn data de 1050 aquando da construção do forte de Toompea. No século XII foi conquistada por Valdemar II da Dinamarca e durante os séculos seguintes foi alvo de lutas e guerras, tendo sido conquistada no século XVI pelos suecos, e no século XVIII por Pedro, o Grande.

Após a I Guerra Mundial, o país conheceu um período de independência que terminou com a ocupação nazi em 1941. Após a II Guerra Mundial foi ocupada pelos soviéticos até 1991, ano em que se tornou finalmente independente.

O Que Ver

A melhor maneira de descobrir Tallinn é a pé. O centro histórico da cidade é compacto e pequeno e os pontos de interesse encontram-se muito próximos uns dos outros. A cidade velha (Vanalinn), construída entre os séculos XV e XVII, é Património Histórico da Humanidade pela UNESCO e constitui a principal atracção turística desta cidade.

Catedral Alexandre Nevsky

Catedral Alexandre Nevsky

As ruas estreitas e calmas convidam ao passeio entre muralhas medievais e edifícios góticos. A Catedral ortodoxa Alexander Nevsky, datada do século XIX, é outro dos símbolos turísticos da cidade, tal como a igreja luterana de Santa Maria (Toomkirik), erguida em 1229.

O ponto central da estrutura da cidade é a Praça do Município (Raekoja Plats) acabada de construir em 1371, onde hoje se encontra o Museu da Cidade. A partir do topo da colina de Toompea, pode usufruir da melhor vista panorâmica sobre a cidade velha.

Outro dos pontos de interesse é o Palácio de Kadriorg, um magnífico exemplo de arte barroca, que foi residência de Verão do Czar Pedro, o Grande. O palácio concebido no século XVII pelo arquitecto Niccolo Michetti alberga actualmente o Museu de Arte da Estónia.

Tallinn

Vista panorâmica de Tallinn

Quando Ir

A melhor época do ano para visitar Tallinn é no fim da Primavera, no Verão e no início do Outono quando as temperaturas médias variam entre 14ºC e 21ºC. No entanto, estes meses são os mais chuvosos. O Inverno é frio e ventoso com as temperaturas a situarem-se, em média, entre os 3ºC e os -3ºC. Mais informações sobre o clima de Tallinn.

Como Ir

A TAP tem voos directos entre Lisboa e Talin e Portugal. Consulte a nossa página de pesquisa e reserva de voos.

Encontrando-se em Tallinn, pode aproveitar para visitar Helsínquia que dista apenas 80 km da cidade. Existem diversas companhias de ferries (NordicJETline, Viking Line, SuperSeaCat) que fazem a ligação várias vezes ao dia entre as duas capitais, desde 54 euros, ida e volta. Mais informações sobre como chegar e como ir do aeroporto para o centro.

Onde Ficar

Para verificar as melhores ofertas de hotéis em Tallinn consulte a lista de unidades turísticas na página onde ficar em Tallinn.

Saber Mais

Para saber mais sobre este destino, pode consultar o site oficial da cidade de Tallinn e o site do Turismo da Estónia.

Partilhar.