Clima de Marrocos – Quando Ir, Melhor Época para Visitar

Devido à diversidade e dimensão geográfica, o clima de Marrocos pode ser dividido em quatro áreas climáticas.

Na região norte, incluindo o litoral e as áreas de montanha do Rif, o clima é mediterrânico, enquanto que na costa ocidental o clima é oceânico. Já nas zonas montanhosas do interior, o clima é marcadamente continental, sendo desértico na região sul do território.

Temperaturas e Precipitação em Marrocos

Nas costas do Mar Mediterrâneo e do Oceano Atlântico e nas planícies do interior, as temperaturas são relativamente moderadas ao longo do ano. Os meses de Verão são quentes e os meses de Inverno são húmidos, com chuva pouco abundante.

Nas áreas mais extremas do território, como o deserto e o interior, os termómetros ultrapassam os 40ºC nos meses de Verão. As amplitudes térmicas diárias são muito elevadas, com diferenças acentuadas entre o dia (muito quente) e a noite (muito frio).

Em Marrocos, chove maioritariamente na região norte. O período mais chuvoso ocorre entre novembro e março, sendo que a região mais pluviosa é a área montanhosa do Rif (Chefchaouen). No sul do país, a precipitação é muito baixa ou quase inexistente ao longo do ano.

Em cidades como Marraquexe, um dos principais destinos turísticos de Marrocos, as temperaturas máximas médias no Verão variam entre 35ºC e 38ºC e no Inverno entre 19ºC e 25ºC. A chuva é pouco frequente, estando praticamente ausente entre junho e setembro.

Melhor época para visitar Marrocos

Gráfico de temperatura e precipitação anual na estação meteorológica de Marraquexe (Marrocos)

Quando Ir

Genericamente, as melhores épocas para visitar Marrocos são os meses de Primavera (entre março e maio), quando as temperaturas estão mais amenas, e de Outono (outubro e novembro), quando as temperaturas começam paulatinamente a baixar, após valores extremos da época estival.

Os meses de Verão (junho, julho e agosto) são ótimos para visitar os destinos junto à costa como Saidia, Agadir ou Essaouira. As visitas às cidades localizadas no interior, como Marraquexe e Fez, devem ser evitadas neste período, devido ao calor abrasador.