Como chegar a Xangai: Voos e Transferes no Aeroporto

0

A cidade de Xangai é uma das principais portas de entrada na China, a seguir a Pequim.

A partir de Portugal, não existem voos diretos para a este destino. Para chegar a Xangai é necessário fazer pelo menos uma escala.

As companhias aéreas KLM, Air France, Lufthansa, British Airways e Emirates dispõem de voos com entre Portugal e Xangai, com tarifas de ida e volta entre 550€ e 650€ com taxas incluídas.

Como Ir do Aeroporto Pudong para o Centro de Xangai

O aeroporto internacional de Pudong está localizado na zona oriental da cidade, a cerca de 40 quilómetros do centro de Xangai.

O meio mais rápido de chegar à zona central de Xangai é viajar no comboio Maglev e de metro. O Maglev utiliza uma tecnologia de levitação magnética o que faz com que o percurso entre o aeroporto e a estação de Longyang seja feito em pouco mais de 7 minutos. Em alguns momentos o comboio chega a ultrapassar os 300 km/hora.

O serviço Maglev funciona das 6h45 às 21h30 todos os dias da semana. A frequência dos comboios varia entre 15 e 30 minutos conforme a hora do dia. O bilhete custa 50 RMB ou 40 RMB, caso apresente o bilhete de avião.

Ao chegar à estação de Longyang, pode apanhar o metro (linha 2) para Lujiazui, Nanjing Road, e Praça do Povo, entre outros locais no centro da cidade.

O táxi é outra das opções que tem ao seu dispor para chegar ao centro da cidade. Uma viagem entre o aeroporto e a zona central custa cerca de 200 RMB. À noite (entre as 23h e as 5h) a corrida de táxi tem um custo adicional de 35%.

Como chegar a Xangai

Metro de Xangai

Para chegar ao centro de Xangai ainda pode optar pelo metro. A linha 2 (verde) passa pela Praça do Povo e a viagem demora cerca de uma hora. O bilhete custa 8 RMB e o serviço funciona das 6h30 às 21h.

Circuitos

Os circuitos organizados pelas agências de viagens são outra das opções que dispõe para visitar Xangai. Por exemplo, a agência Abreu destaca um roteiro turístico com a duração de 10 dias designado por “China Milenária” que passa por Pequim, Xian e Xangai. O circuito inclui passagens aéreas, voos internacionais e domésticos, transferes, refeições, guia e entradas nos monumentos.

Partilhar.