Côte d’Azur, Tirol e Grandes Lagos, entre os Alpes e a Riviera

Numa viagem encantadora pela costa do Mediterrâneo e pelos Alpes Marítimos passa-se pela Riviera Francesa e pela dinâmica cidade de Milão, atravessam-se montanhas para descobrir a serenidade dos lagos, o requinte e a pacatez da Suíça Alpina e do Tirol Austríaco.

O circuito inicia-se junto ao Mediterrâneo, na cidade de Nice, em plena Riviera Francesa. Daqui segue-se para a povoação de Saint-Paul de Vence, situada nos Alpes Marítimos na região da Provença.

Lugar encantador, idolatrado por Seurat e Matisse, frequentado por actores como Simone Signoret ou Jacques Prévert, e casa de Marc Chagall, Saint-Paul de Vence encanta pela sua fortificação feudal, pelas suas ruas e edifícios característicos numa paisagem em tons de verde, azul e ocre onde pontuam palácios, igrejas, quintas e um cenário floral amplamente expresso em diversos quadros de pintores como Van Gogh e Gaugin.

O destino seguinte é a famosa cidade de Cannes, palco do grande Festival e passerelle para artistas de todo o mundo. De uma pequena vila piscatória, Cannes transformou-se numa das cidades mais glamorosas e caras da Europa, sendo um dos pontos de encontro da alta sociedade europeia. O Palácio dos Festivais, na avenida marginal Boulevard de la Croisette com seus os hotéis e lojas luxuosas, a marina, o mercado coberto, a parte antiga da cidade e algumas praias são os locais a não perder.

O dia seguinte é dedicado à visita ao Mónaco e a Milão. Entre os Alpes e o Mediterrâneo, o Mónaco é um principado cuja origem remonta ao início do século XIV quando a família Grimaldi se separou da República Italiana de Génova. Aqui tem a oportunidade de ficar a conhecer o Museu Oceanográfico e o Aquário, passear pelas típicas ruas medievais da cidade velha, visitar o Palácio Real e o Jardim Exótico, bem como tentar a sorte no famoso Grand Casino.

Em Milão terá oportunidade de fazer uma breve visita panorâmica à cidade com passagem pela Catedral de Nossa Senhora de Milão, pelo Teatro La Scala, e pelas Galerias Vittorio Emanuelle. Seguindo em direcção à Suíça passa-se ainda pelo Lago Como, na região da Lombardia entre as fronteiras italiana e suíça.

Viagens a Itália - Lago Como

Lago Como

Já na Suíça, o ponto de paragem é a cidade de Lugano, que faz parte do cantão italiano, rodeada por uma paisagem de rara beleza entre as montanhas alpinas e o lago que dá o nome à cidade. Aqui visita-se o pequeno centro histórico com um passeio a pé, partindo-se em seguida numa embarcação através do lago Como com uma breve passagem pela estância balnear de Bellagio, considerada como a “Pérola do Lago”.

Depois de algumas visitas pelo litoral, nomeadamente em Nice e Cannes e por lugares pitorescos como Lugano e Como, é altura de partir em direcção à cordilheira dos Alpes, com vertentes inclinadas e montes abruptos, pontilhados por neve lá no alto. A cerca de 2000 metros de altitude visita-se a reconhecida estância de montanha de Saint Moritz. Em seguida atravessa-se o maciço de Grisons, em direcção à cidade austríaca de Innsbruck.

Na região do Tirol, rodeada por montanhas, Innsbruck é um importante centro de esqui alpino, tendo sido a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno em 1964 e 1976. Nesta cidade terá todo o tempo para desfrutar das deslumbrantes praças e ruas medievais do centro histórico, onde pode adquirir diversas peças de artesanato local, bem como visitar a Basílica de Wiltener, a Catedral de Saint Jacob ou o Castelo e Palácio de Schloss Ambras. Opcionalmente pode ainda visitar algumas aldeias tirolesas no meio das montanhas na companhia de um guia local.

No penúltimo dia regressa-se a território italiano, passando-se por belas paisagens naturais, fortalezas e ruínas medievais, ao longo do rio Adige, onde ainda se podem avistar as vinhas e os pomares típicos desta região. Rumando a Sul segue-se em direcção à cidade romântica de Verona, situada na região italiana de Veneto, imortalizada no romance “Romeu e Julieta” de Shakespeare.

Em Verona visita-se a Arena, o anfiteatro romano, o centro histórico, as artérias comerciais via Mazzini, Piazza dei Signori e Piazza delle Erbe, o Castelo Scaligeri, o teatro romano, a Catedral datada do século XII, a Basílica de Santo Zeno, e a casa de Julieta. A viagem termina em Milão, de onde se regressa a Portugal.

Este circuito é organizado pelo operador turístico Nortravel e tem a duração de oito dias, com preços a partir de 1187 €. O preço final contempla passagem aérea em classe económica em voos regulares da TAP, alojamento, pequeno-almoço e sete refeições, circuito em autocarro com guia português, entradas nos monumentos, travessia de ferry de Cadennabia a Bellagio, cruzeiro entre Bellagio e Como, e seguro de viagens.