Descobrir a Escócia: 8 Locais a Visitar

Terra montanhosa, de paisagens verdejantes, salpicadas aqui e além por aldeias pitorescas, a Escócia é um país que se visita de carro.

Os castelos – de Edimburgo, Urquhart e Stirling -, os lagos – o Loch Lomond e o Loch Ness -, as Terras Altas, sem esquecer as ilhas, a de Arran e a de Skye, são alguns dos pontos de paragem obrigatórios. A condução pela esquerda pode ser um desafio, mas apenas nos momentos iniciais; alguns quilómetros bastarão para treinar o cérebro para a nova realidade.

1.Castelo de Edimburgo

A dominar a paisagem da capital escocesa desde o século XIII, o Castelo de Edimburgo é o monumento nacional mais famoso e visitado da Escócia.

A entrada no castelo faz-se por uma ponte levadiça no espaço onde, todos os anos em agosto, tem lugar o desfile militar conhecido como Edinburgh Military Tattoo. De cada um dos lados da porta de entrada encontram-se as estátuas de William Wallace e Robert the Bruce, lendários heróis escoceses que lutaram contra a ocupação inglesa.

Alguns dos destaques do castelo são o One o’clock Gun, o canhão que ainda hoje dispara diariamente às 13 horas, a sala das Joias da Coroa e a Pedra do Destino, roubada por Eduardo I de Inglaterra no século XIII para apenas ser devolvida à Escócia 700 anos mais tarde, em 1996.

Vista panorâmica do Castelo de Edimburgo

Castelo de Edimburgo

2. Clube de Golfe de St Andrews

Os escoceses reivindicam a invenção do golfe, razão pela qual a modalidade é considerada o desporto nacional.

Uma das principais atrações turísticas é o Royal and Ancient Golf Club, localizado na vila histórica de St Andrews, a cerca de 20 km de Dundee. Fundado em 1754, foi a autoridade do golfe até 2004, quando transmitiu a responsabilidade para o grupo R&A. No clube, vale a pena uma visita à antiga Clubhouse e ao Museu do Golfe, que documenta a história da modalidade desde a Idade Média até aos nossos dias.

O golfe é o desporto nacional na Escócia

Campo de golfe na Escócia

3. Loch Lomond

A pouca distância de Glasgow, o Loch Lomond é um dos maiores lagos britânico, estando integrado no parque nacional Loch Lomond & the Trossachs. O lago é ideal para passeios, caminhadas, pesca com anzol (trutas, salmão), desportos aquáticos, ou simplesmente para apreciar a paisagem. São populares os passeios de barco e as caminhadas até ao topo da montanha de Ben Lomond, de onde se podem desfrutar as magníficas paisagens de Loch Lomond.

Lagos da Escócia

Loch Lomond

4. Ilha de Arran

A Ilha de Arran é também conhecida como a “Escócia em Miniatura”. Nos seus cerca de 430 quilómetros quadrados estão concentradas todas as paisagens da Escócia continental: montanhas, charnecas, praias com areia, vida selvagem, castelos, portos de pesca, campos de golfe.

Para chegar à ilha a partir de Glasgow, é necessário apanhar o comboio ou conduzir até ao porto de Ardrossan (a viagem dura cerca de 45 minutos) de onde se apanha o ferry para Brodick, na ilha de Arran (cerca de 55 minutos de viagem).

Ilhas da Escócia

Ilha de Arran

5. Stirling

Localizada a meio caminho entre Edimburgo e Glasgow, Stirling foi palco da batalha de Stirling Bridge de onde Willian Wallace saiu vitorioso. Wallace foi, aliás, decisivo para o restabelecimento da independência da Escócia por Robert the Bruce na famosa batalha de Bannockburn em 1314.

Organizada em torno do castelo do século XII e da cidade medieval, em Stirling destaca-se ainda o Bannockburn Heritage Centre, que retrata a época do restabelecimento da independência da Escócia e, mesmo à saída da cidade, o monumento a William Wallace, uma torre com 246 degraus, que oferece fantásticas vistas sobre a cidade.

6. Loch Ness

Indissociável do mítico monstro que, segundo reza a lenda, vive neste fantástico lago há inúmeros séculos, Loch Ness e o castelo de Urquhart são das atrações mais visitadas na Escócia. O centro de exposições em Drumnadrochit ajuda a conhecer melhor a história do monstro e do local.

Loch Ness, um dos locais mais famosos da Escócia

Loch Ness

7. Ilha de Skye

Trata-se da maior das ilhas conhecidas como Hébridas Interiores da Escócia. Com os seus densos nevoeiros, paisagem montanhosa, com vales verdejantes, grutas, cascatas e praias, e uma fauna que inclui lontras, focas e duas centenas de espécies de aves, a ilha é popular entre os amantes da natureza. A ilha possui ainda pitorescas aldeias, e uma ponte que a liga à Escócia continental. Apesar disso, os ferries continuam a ser uma alternativa para chegar à ilha.

Ilha de Skye, paisagens arrebatadoras

Ilha de Skye

8. Terras Altas

A faixa norte da Escócia, conhecida como Highlands, está separada do restante território por um vale, conhecido como o Great Glen. Esta antiga falha geológica serviu para criar o Caledonian Canal, que atravessa a Escócia da costa oeste à costa leste, de Loch Linnhe até Moray Firth.

A região montanhosa das Terras Altas da Escócia oferece excelentes condições para caminhadas e passeios de bicicleta. Embora praticamente desabitada, existem algumas aldeias pitorescas na região, como a aldeia costeira de Dornoch, com a sua catedral e as ruínas do castelo. No extremo norte fica localizada a aldeia de John o’Groats, com vista para o estreito de Pentland Firth, famosa pelo poste de sinalização que indica o fim do caminho