Férias em Janeiro: Onde Ir e O Que Visitar

Na ressaca da passagem de ano, Janeiro não é tradicionalmente um mês de férias. Mas é ideal para viajar e conhecer diversos destinos por todo o mundo.

Parta à descoberta do fascinante sudeste asiático. Com excepção das terras altas, esta região está suficientemente próxima do Equador para gozar de temperaturas elevadas ao longo do ano. No entanto, é preferível visitar na estação seca, que ocorre entre Dezembro e Abril nos países próximos da linha do Equador.

No hemisfério sul, é tempo para aproveitar as temperaturas quentes do Verão e a praia. Em contraste, em destinos mais próximos de Portugal a neve significa divertimento para toda a família.

1. Filipinas

Colinas de Chocolate na ilha de Bohol

Com uma das mais longas linhas de costa do mundo, as Filipinas surpreendem. O país surge hoje como uma alternativa aos destinos de praia mais conhecidos do sudeste asiático, como Bali e o sul da Tailândia.

São várias as razões para visitar o maior país católico do continente asiático. Para além de praias de sonho, destacamos as paisagens deslumbrantes como os terraços de arroz de Banaue e as surpreendentes montanhas em forma de cone, conhecidas como Colinas de Chocolate.

Se visitar durante o terceiro domingo de Janeiro, não perca o Festival de Sinulog em Cebu. Esta festa religiosa em homenagem a Santo Niño (Menino Jesus) celebra-se ao longo da semana, inclui procissões e outros desfiles, e culmina com o grande desfile de domingo, com marchas em vestes berrantes pelas ruas da cidade.

2. Bangkok, Tailândia

Grande Palácio de Bangkok

Colorida, caótica e com muita gente, moderna mas repleta de templos antigos, é assim a capital tailandesa. Bangkok, ou Banguecoque, representa a tensão entre os mundos desenvolvidos e em desenvolvimento. Ponto de passagem para destinos de praia na Tailândia, como Phuket, ou ponto de partida para visitar os tesouros do país, como Ayutthaya, a antiga capital do país, Banguecoque merece uma visita.

3. Rio de Janeiro, Brasil

Praia de Copacabana

Se gosta de temperaturas elevadas e quer aproveitar a praia e o calor, o mês de Janeiro é provavelmente a escolha ideal para visitar o Rio. Aqui, as praias são sem dúvida a principal atração.

Copacabana é a mais famosa, mas também a mais concorrida. Ipanema é uma alternativa no centro, com menos multidões. A praia Vermelha, com o morro do Pão de Açúcar ali tão próximo, é a mais impressionante. A praia da Barra é um pouco mais longe do centro, mas não tem falta de espaço graças ao seu areal de 18 km de extensão.

4. Andorra

Melhor época para visitar Andorra

Montanhas de Andorra

Num cenário totalmente diferente, e bem mais próximo de Portugal, as montanhas de Andorra, cobertas de neve, formam a maior superfície do sul da Europa para a prática de esqui.

Destacam-se as estâncias de Grandvalira e de Vallnord. Em conjunto, estes dois locais totalizam quase 300 quilómetros de pistas, 110 teleféricos, com capacidade para transportar mais de 150 mil esquiadores por hora, 1415 canhões de neve que cobrem cerca de 60% da superfície esquiável, 6 snowparks, e 650 instrutores que prestam todo o apoio aos visitantes.

5. Tromso, Noruega

Aurora Boreal

Aurora Boreal

Porta de entrada no Árctico, a cidade de Tromso é um dos locais onde pode observar as “melhores Auroras Boreais”, as Luzes do Norte que normalmente são visíveis a norte do Círculo Polar Árctico.

Com a noite polar entre meados de Novembro e Janeiro, este é um dos períodos mais favoráveis para observar o fenómeno. Para planear a experiência, conheça as previsões no site NorwayLights. Ainda assim, não há garantias de que consiga ver as luzes. Certo é que esta cidade norueguesa oferece uma experiência árctica única. Se visitar na terceira semana de Janeiro, não perca o Festival Internacional de Cinema de Tromso.

6. São Tomé e Príncipe

Viagem a São Tomé

São Tomé

Antes do início da estação das chuvas, Janeiro é o mês ideal para ir à praia, observar as aves e as orquídeas em flor em São Tomé e Príncipe. Poderá ainda ter a sorte de observar as tartarugas na época da desova, em particular na praia Jalé no sul da ilha de São Tomé, ou a norte em Mucumbli.

Não deixe de visitar a ilha do Príncipe, localizada 140 quilómetros a nordeste da ilha de São Tomé. A ilha destaca-se pela vegetação exuberante e enorme diversidade da fauna, com mais de 40 espécies animais endémicas, integrando a lista de Reservas Mundiais da Biosfera da UNESCO. O resort Bom Bom Príncipe, localizado na costa norte da ilha, é um dos seus segredos mais bem guardados.