Férias em Julho: Onde Ir e O Que Visitar

Com a chegada do calor e das férias escolares, Julho é o mês escolhido por muitas famílias para aproveitar o sol do Verão.

Porto Santo, Fuerteventura e Saïdia são três excelentes propostas para quem procura férias em família à beira-mar.

Já para fazer uma escapadinha numa capital europeia, Paris e Copenhaga surgem no topo das nossas sugestões para visitar em Julho.

Se está a planear uma grande viagem, a Reserva Nacional de Masai Mara no Quénia é um dos destinos a considerar nesta época do ano.

1. Porto Santo, Portugal

Porto Santo em agosto e setembro

Férias em Porto Santo

Com 9 quilómetros de areal banhado pelas águas mornas do Atlântico, a ilha de Porto Santo é um excelente destino de praia. Escolha um dos hotéis com tudo incluído, e aproveite para relaxar. Pode ainda realizar actividades ao ar livre como passeios de bicicleta e caminhadas pelas veredas, e descobrir os miradouros da ilha.

2. Saïdia, Marrocos

Resorts em Saïdia

Localizada no nordeste de Marrocos, junto à fronteira com a Argélia, Saïdia é uma das principais estâncias balneares de Marrocos. Neste destino, vai encontrar areais com quase 14 quilómetros de extensão, resorts em frente ao mar e um clima ameno durante todo o ano.

Aproveite para descobrir a região, com guia ou por conta própria. Percorra o litoral entre Saïdia e Nador, com uma extensão de 50 quilómetros, continue até ao Cabo das Três Forcas (Cap des Trois Fourches), que oferece vistas deslumbrantes sobre o mar de Alborão. Em direcção ao interior de Marrocos, destacam-se as montanhas de Beni Snassen, localizadas a oeste da cidade de Oudja, e o oásis de Sidi Yahya, localizado a 6 quilómetros da medina desta cidade.

3. Fuerteventura (Canárias), Espanha

Fuerteventura

Litoral de Fuerteventura

Fuerteventura é a segunda maior ilha do arquipélago das Canárias, a seguir a Tenerife, localizada a menos de 100 quilómetros da costa africana. Trata-se de uma ilha tranquila e resguardada do turismo de massas, onde é possível encontrar praias desertas e dunas de perder de vista. A montanha de Tindaya, localizada no norte da ilha, é um dos locais mais emblemáticos de Fuerteventura, considerada sagrada pelo povo nativo das ilhas Canárias.

4. Paris, França

Celebrações do 14 de Julho – Pont des Arts

Aproveite o mês de Julho para fazer uma escapadinha em Paris. Para além de ser um destino incontornável na Europa pelo património arquitectónico e cultural e pela intensa actividade cultural, Julho é um mês especial na capital francesa.

A Festa Nacional celebra-se a 14 de Julho, dia feriado que marca a a tomada da Bastilha, símbolo da Revolução Francesa que derrubou a monarquia absolutista do chamado Antigo Regime.

Em Paris, o dia é composto por um dos maiores e mais antigos desfiles militares da Europa ao longo dos campos Elíseos, festas populares pela cidade e o fogo-de-artifício na Torre Eiffel a partir da 23h.

5. Copenhaga, Dinamarca

Canal de Nyhavn

Pode não ter o charme de Paris, mas é na capital dinamarquesa que vivem as pessoas mais felizes do mundo, segundo um estudo das Nações Unidas (World Happiness Report).

Copenhaga é uma cidade com a dimensão certa para uma visita tranquila. A pé ou de bicicleta, descubra o canal de Nyhavn, admire a estátua da Pequena Sereia, passeie e veja as montras da Strøget, considerada a zona pedonal mais extensa do mundo, e visite o castelo de Kronborg, parte da lista de Património Mundial da Unesco, e cenário ficcional de Hamlet de William Shakespeare.

4. Reserva Nacional de Masai Mara, Quénia

Grande migração dos gnus

Observar a grande migração anual dos gnus em Masai Mara é o ponto alto de qualquer viagem ao Quénia. E Julho é um dos melhores meses para visitar este destino, já que os animais se deslocam para Masai Mara em busca de prados verdejantes. Com sorte, durante o safari terá a oportunidade de ver muitos outros animais, como girafas, babuínos, hipopótamos e elefantes.