Guia de Viagem: Fiordes da Noruega

A Noruega é um país único para os viajantes que procuram a natureza como destino de viagem, onde se privilegia o turismo sustentável, o ambiente e o respeito pela cultura local.

O país, com um relevo acidentado constituído por montanhas, fiordes, florestas, quedas de água e glaciares, oferece condições múltiplas de lazer e paisagens de rara beleza, onde se pode esquiar, fazer escalada, observar aves, explorar os glaciares, e passear de barco.

O Que São os Fiordes?

Viagem aos fiordes

Vale glaciar

Os fiordes são sem dúvida uma das principais atracções naturais da Noruega. Estas formações geológicas resultam do degelo dos glaciares e a invasão pelo mar dos vales em forma de U durante a última era glaciar, há cerca de 10 mil anos.

Ainda é possível ver alguns desses glaciares reflectidos nas águas cristalinas dos fiordes. No Verão, o degelo da camada exterior dos glaciares confere às águas dos fiordes uma tonalidade verde única, prova de que a água esteve na forma de gelo durante centenas de anos.

Onde Ficam os Fiordes da Noruega?

Os fiordes encontram-se um pouco por todo o território, mas os maiores são os fiordes do oeste, localizados na proximidade de Bergen.

Partindo de Oslo em direcção a Bergen (cerca de 500 km) de comboio, de automóvel ou de avião, pode apreciar magníficas cadeias de montanhas e panorâmicas de cortar a respiração.

A cidade de Bergen tem uma grande atmosfera cultural, e é a porta entrada para os fiordes do oeste. A partir desta cidade, pode-se alcançar o fiorde dos sonhos, Sognefjord, que é o mais largo (200 km) e mais profundo (1300 m). Num dos braços do fiorde, pode visitar a localidade de Flåm e apanhar o espectacular comboio pelas montanhas até Myrdal.

O fiorde próximo de Flåm, Nærøyfjord, oferece uma experiência única pela sua beleza nos segmentos mais estreitos. Integra a lista de Património Mundial da Humanidade da UNESCO, juntamente com o Geirangerfjord. Este último localiza-se a norte de Sognefjord, e é conhecido pelas magníficas quedas de água e pela estrada panorâmica de Trollstigen nca encosta da montanha.

Um pouco mais para sul, pode ainda encontrar o Hardangerfjord, o segundo fiorde mais largo (179 km), e o castelo Barony Rosendal cujos jardins se enchem de flores no Verão.

Como Visitar os Fiordes da Noruega

Existem várias possibilidades para visitar os fiordes da Noruega: viagem independente, cruzeiro, e circuito organizado.

Viagem Independente

Se pretende conhecer os fiordes de forma independente, é aconselhável alugar um carro. A partir de Bergen, visite o fiorde Nærøyfjord e siga até Flåm para apreciar as vistas de um dos melhores miradouros. Embarque naquela que é considerada uma das mais belas viagens de comboio do mundo a bordo do Flåmsbana. Faça ainda a viagem de ida e volta pelo Hardangerfjord.

Para sentir verdadeiramente a imponência das montanhas ao longo dos fiordes, o ideal é um passeio de barco a partir de Bergen ao longo do Sognefjord. Se tiver pouco tempo, um cruzeiro de 3 horas a Osterfjord oferece a experiência completa através do belo estreito de Mostraumen. Os barcos e ferries que percorrem os fiordes partem do cais junto ao Mercado de Peixe de Bergen.

Cruzeiros

Em 2006, a ”Lonely Planet” considerou a viagem no Hurtigruten, que faz a ligação entre Bergen e Kirkenes pela costa da Noruega, a viagem marítima mais bonita do mundo. Os navios da Hurtigruten oferecem um serviço rápido que passa pelas diversas cidades costeiras entre Bergen (no sul) e Kirkenes (no extremo norte). A viagem entre estas duas localidades demora 6 dias, com atracagem em 33 portos.

É possível realizar o percurso completo (Bergen-Kirkenes), ida e volta, ou porto-a-porto. Para todos os pormenores consulte o site do Hurtigruten. A Abreu comercializa estas viagens através da sua rede de agências.

Circuitos Organizados

A 4×4 viagens oferece um circuito que passa por Oslo (partida e chegada), Ulvik, Bergen, Flaam, Balestrand e Geiranger numa viagem de 8 dias e que inclui algumas refeições, cruzeiros pelos fiordes e viagens de autocarro.

A agência Abreu disponibiliza um programa que inclui Copenhaga, Oslo, Lofhtus e Bergen numa viagem de 8 dias que passa pelos principais pontos de interesse.

A Nortravel tem um circuito denominado “Escandinávia Espectacular – Fiordes da Noruega e Suécia”. Trata-se de uma viagem de 8 dias que inclui visita a Estocolmo, Karlstad, Fagernes, Laerdal, Dudvangen, Flam e Bergen, Geilo e Oslo, e ainda um cruzeiro pelo Sognefjord.

Sol da Meia-Noite e Aurora Boreal

Aurora Boreal

Aurora Boreal

Para além dos fiordes, existem dois fenómenos naturais que suscitam o interesse de quem viaja para a Noruega: o sol da meia-noite e a aurora boreal (também conhecida como luzes do Norte).

O sol da meia-noite ocorre durante o Verão: entre a segunda quinzena de Maio e o fim de Julho, o sol é visível durante 24 horas por dia a norte do Círculo Polar Árctico, ou seja, no norte da Noruega.

Por seu turno, a aurora boreal ocorre no Inverno, entre finais de Setembro e finais de Março, sendo também é visível a norte do Círculo Polar Árctico. O fenómeno caracteriza-se por luzes coloridas, difusas e brilhantes espalhadas no céu nocturno, resultado das partículas emitidas pelo Sol, que são capturadas pelo campo magnético da Terra e reagem com a atmosfera do planeta. Para saber qual o melhor local na Noruega e a melhor época para assistir à aurora boreal, use a app NorwayLights, ou visite norway-lights.com.

Quando Ir

Decidiu conhecer os fiordes da Noruega mas não sabe exactamente quando ir, qual a melhor época para visitar este destino:

Como Chegar

A cidade de Bergen é o ponto de partida para explorar os fiordes e outras belezas naturais da Noruega. Infelizmente, não existem voos directos de Lisboa/Porto para Bergen. Para saber como chegar a Bergen, consulte as opções que tem à sua disposição:

Onde Ficar

Existe uma grande diversidade de ofertas de qualidade pelo território norueguês, tais como hotéis com tudo incluído, Bed & Breakfast, casas de campo, turismo rural, casas de pescadores ou campismo. Para saber onde pode ficar, consulte as nossas sugestões

Em Destaque