Índia e Nepal: Uma Epopeia de de Deli a Kathmandu

0

Numa rota épica pela Índia e pelo Nepal, visitam-se cidades coloridas, caóticas e misteriosas, templos sagrados, emerge-se na selva em busca dos mais belos predadores e viaja-se pelos costumes, tradições e crenças culturais, em contacto com a população local.

A viagem inicia-se na antiga capital do Império Britânico, Deli. Com cerca de 12 milhões de habitantes é a segunda maior cidade da Índia a seguir Bombaim, situando-se na região do Punjab, nas margens do rio Yamuna.

Aqui visitam-se alguns locais de interesse turístico como a torre de Qutab Minar, um excelente exemplo de arquitectura indo-islâmica que foi declarado Património UNESCO da Humanidade em 1993; a mesquita Jama Masjid, a mais importante da Índia; o mercado típico de Chandni Chowk; e o famoso Forte Vermelho mandado construir pelo Imperador Shah Jahan durante o século XVII.

Em direcção a Jaipur, visita-se a cidade de Amber, situada no estado do Rajastão, e o palácio fortaleza erguido por Raja Alan Singh há mais de mil anos. Já em Jaipur, conhecida também como a cidade “cor-de-rosa”, terá a oportunidade de visitar diversos templos como o Moti Doongari, Lakshmi Narayan, ou o Jain Mandir.

Depois de Jaipur segue-se rumo a Bharatpur e Fatehpur Sikri até se chegar a um dos principais bilhetes-postais da Índia, o Taj Mahal, situado em Agra. Este monumento, revestido a mármore branco, foi mandado construir pelo Imperador Shah Jahan em honra da sua mulher Mumtaz, nas margens do rio Yamuna, durante o século XVII.

Roteiro turístico na Índia e Nepal

Circuito na India

Após alguns dias a conhecer as mais enigmáticas e características cidades indianas é altura de embarcar num safari pela selva do Parque Nacional de Bandhavgarh, à descoberta dos grandes felinos como os leopardos, chacais, ou os tigres. Serão três dias em pleno contacto com a natureza no seu estado mais selvagem, havendo ainda tempo para visitar o conjunto de templos medievais de Khajuraho, considerado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, em 1966.

Nas margens do rio Ganges visita-se a cidade sagrada de Varanasi, onde se realizará um passeio de barco e terá a oportunidade de observar os rituais de purificação. Daqui segue-se para o Nepal com visita ao Parque Nacional de Chitwan, onde se realizará outro safari à procura de rinocerontes e de outros animais de grande porte, e ainda visitas a aldeias típicas que ainda conservam tradições, costumes e hábitos ancestrais.

A capital Kathmandu fica para os últimos dois dias, onde terá a oportunidade de descobrir a cidade à sua medida. Andar de riquexó, conhecer os diversos templos budistas e hinduístas da cidade ou, opcionalmente, realizar um trekking pelos Himalaias, são algumas das actividades que pode realizar.

Este programa de viagem pela Índia e pelo Nepal tem a duração de 18 dias e é organizado pela agência de viagens Nomad, especialista em viagens de aventura e expedições. O preço deste programa é de 970 € (sem voos internacionais) para partidas entre Setembro e Maio.

O valor da viagem inclui alojamento em hotéis, lodges e acampamentos; alimentação; transporte em camião especialmente transformado para percursos em overland; actividades no Parque Nacional de Chitwan e de Bandhavgarh; passeio de barco em Varanasi; visita guiada aos templos de Khajuraho e à cidade Jaipur.

Partilhar.