Itinerário de 7 Dias para Descobrir Malta

Malta é um dos mais pequenos países da Europa. Mas em nenhum outro destino vai encontrar uma tão grande concentração de locais históricos, templos megalíticos, praias, resorts turísticos, bares e restaurantes.

Uma semana em Malta é tempo suficiente para visitar as principais atracções, ir à praia e fazer diversas actividades como caminhadas e mergulho.

Propomos um itinerário para sete dias em Malta. Este roteiro permite conhecer o essencial da ilha a um ritmo equilibrado.

Dia 1: Valletta

Vista de Valletta

Perca-se nas nas ruelas estreitas e íngremes da capital maltesa, Património Mundial da UNESCO. Neste verdadeiro museu a céu aberto, a Catedral de S. João e o Palácio do Grão-Mestre e o seu arsenal são de visita obrigatória. Deslumbre-se ainda com as vistas do Grande Porto.

Dia 2: As Três Cidades

Forte de Santo Ângelo, Birgu (Vittoriosa)

De manhã, ainda em Valletta, visite o Forte de S. Elmo e o Museu da Guerra. Depois, atravesse o Grande Porto de ferry, que oferece vistas panorâmicas, e passe a tarde a explorar os encantos das chamadas Três Cidades.

Estas três cidades históricas do outro lado de Valletta são Birgu (Vittoriosa), Senglea (Isla) e Bormla (Cospicua). A sua história está ligada à dos Cavaleiros da Ordem de Malta, sendo Birgu anterior à sua chegada.

Birgu é também a mais popular das três cidades, possuindo o maior número de atracções: o Museu Marítimo, o Museu de Malta em Guerra e o Forte de Santo Ângelo. Senglea tem uma igreja paroquial e a Gardjola, a torre de vigia com os seus jardins que oferecem das melhores vistas do Grande Porto. Bormla possui seis quilómetros de fortificações.

Dia 3: Templos de Tarxien e Marsaxlokk

Vista de Marsaxlokk com os coloridos Luzzu

Visite os templos de Tarxien, parte do parte do conjunto de templos megalíticos de Malta, a caminho da vila piscatória de Marsaxlokk, onde poderá almoçar uma mariscada. Não será difícil encontrar um bom restaurante na Xatt is-Sajjieda, a rua ao longo do porto.

Marsaxlokk é também famosa pelo mercado de peixe ao domingo e pelos seus coloridos barcos, os Luzzu. O olho de Osíris pintado na proa protege os pescadores no mar.

Passe a tarde a nadar e mergulhar na Piscina de São Pedro (ou St Peter’s Pool), uma piscina natural na proximidade da povoação de Marsaxlokk.

Dia 4: Gruta Azul e Mdina & Rabat

Gruta Azul

De manhã, visite a famosa Blue Grotto, como também é conhecida. Os passeios de barco a este conjunto de sete grutas estão disponíveis todos os dias entre as 9h e as 17h (15h30 no Inverno). A visita dura cerca de 20 minutos e é realizada em barcos tradicionais malteses.

À tarde, siga até Mdina no ponto mais alto da ilha de Malta. Conhecida como a cidade silenciosa, Mdina caracteriza-se pelas ruas estreitas e sinuosas, que são uma marca da presença árabe.

Aproveite ainda para visitar os sítios arqueológicos e históricos da vizinha Rabat, como sejam a vila romana (Domus Romana), as catacumbas, a gruta de São Paulo e os diversos mosteiros e igrejas.

Dia 5: Golden Bay

Vá a banhos na Baía Dourada (Golden Bay), uma das melhores praias de areia, localizada no noroeste da ilha de Malta, a poucos passos do Radisson Blu Resort & Spa. Aproveite o dia para ganhar forças para as actividades que estão ainda para vir.

Dia 6: Parque Il-Majjistral ou Península de Marfa

Litoral de Malta, ideal para caminhadas

Passe o dia no Il-Majjistral, o primeiro parque nacional da Malta. Localizado na borda da Golden Bay, o parque oferece 6 km de litoral protegido, ideal para caminhadas. Em alternativa, sugerimos um dia dedicado ao mergulho na península de Marfa entre a reserva natural de Għadira e Daħlet ix-Xilep.

Dia 7: Lagoa Azul, Comino

Lagoa Azul

Termine as suas férias em grande com um passeio à Lagoa Azul, na ilha de Comino. Existem vários ferries que fazem a ligação entre Cirkewwa no norte da ilha Malta e a Lagoa Azul.

Planear a Viagem a Malta

A Logitravel dispõe de pacotes de sete dias com voos, hotel e aluguer de carro por um preço adicional. A agência Abreu comercializa pacotes de férias com voos e hotel.

Se preferir organizar a viagem por conta própria, poderá consultar os nossos artigos Como Chegar a Malta: Voos e Pacotes de Férias e Os Melhores Hotéis de Malta.

Alugar carro é uma mais-valia em Malta. Contudo, a ilha dispõe de um sistema de autocarros eficiente. Para planear as suas deslocações, consulte o mapa dos transportes públicos de Malta.