As Mais Belas Estações de Comboios do Mundo

Há estações de comboio que são verdadeiras obras de arte, dignas de uma visita.

O jornal “The Guardian” seleccionou 10 das mais belas estações ferroviárias do mundo numa lista que se estende a várias cidades.

De Nova Iorque a Melbourne, passando por Madrid, Istambul, Bombaim, Chicago, e Milão, conheça as mais belas obras de arquitetura ferroviária.

Grand Central Terminal, Nova Iorque

A Grand Central Station esteve à beira de se transformar num edifício de escritórios nos anos 60. Com a ajuda de Jackie Kennedy, a estação ferroviária conseguiu manter até hoje o seu estilo beaux-arts intacto, tendo celebrado o seu centenário em 2013.

Visitada por milhares de turistas, que todos os anos vêm admirar o maior relógio do mundo da Tiffany, na 42nd Street, e o mural astronómico no átrio principal, a Grand Central Station possui ainda vários restaurantes, sendo o Oyster Bar, localizado no piso inferior, o mais antigo. A Apple, o Starbucks e outras cadeias de lojas também se instalaram neste importante ponto de encontro e passagem dos nova-iorquinos.

Estações de comboio do mundo

Grand Central Station em Nova Iorque

Union Station, Chicago

Noutra grande cidade norte-americana, a Union Station de Chicago transporta-nos para a atmosfera dos anos 20 do século passado. É a terceira maior estação de comboios dos Estados Unidos. O Great Hall é uma impressionante sala de espera em estilo beaux-arts, contrastando com alguma degradação que provavelmente irá encontrar nos comboios da empresa ferroviária Amtrak.

Estação de Atocha, Madrid

Deste lado do Atlântico, a estação de Atocha é um grandioso edifício do século XIX em ferro e vidro, projectado por Alberto Palacios, com a colaboração de Gustave Eiffel. Nos anos 90 do século XX, o átrio desta estação foi transformado num enorme jardim botânico onde os passageiros podem apreciar diversas variedades de plantas tropicais, e até tartarugas, enquanto esperam pelo comboio.

Estação de comboios de Madrid

Estação de Atocha em Madrid

Estação Chhatrapati Shivaji, Bombaim

Construída em 1887, a estação Chhatrapati Shivaji (outrora estação Victoria) é a estação de comboios mais movimentada da Índia, utilizada por 3 milhões de pessoas diariamente. A estação ferroviária combina o estilo gótico da época vitoriana e a arquitectura mughal de influência indiana. Em 2004, a estação foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO.

Estação Central de Antuérpia

A principal estação de comboios da Bélgica, inspirada no Panteão de Roma, mais se assemelha a um palácio do que a uma estação ferroviária, com as suas extravagâncias da época colonial, incluindo 20 variedades de pedra mármore. A estação foi recentemente alvo de extensos trabalhos de restauração, que se iniciaram em 1993 e apenas terminaram em 2009.

Estações de comboio na Bélgica

Estação de comboios de Antuérpia

Southern Cross Station, Melbourne

Conhecida como Spencer Street Station, esta estação ferroviária australiana possui desde 2006 uma enorme cobertura ondulada, que cobre toda a estação e plataformas de embarque. A cobertura tem a capacidade de manter a estação fresca durante o Verão, e permite ao mesmo tempo uma ventilação natural através de aberturas próprias no topo da estrutura.

Estações de Hungerburgbahn, Innsbruck

Da autoria da arquitecta anglo-iraquiana Zaha Hadid, as 4 estações ligam Hungerburg na montanha ao centro da cidade através de um funicular inaugurado em 2007. O design das estações foi inspirado na morfologia dos Alpes no Inverno, com os seus glaciares e formações de gelo.

Estação de Haydarpasa, Istambul

Situada no lado asiático do Bósforo, a estação de Haydarpasa encontra-se encerrada, após um incêndio em 2010. O edifício, com ar de castelo romântico, rodeado de água por três lados, é um dos ícones da cidade de Istambul. Apesar de outrora ser a estação ferroviária mais movimentada do país e do Médio Oriente, e haver planos para a ligar a Ankara através de comboios de alta velocidade, o seu futuro é ainda incerto, não estando afastada a possibilidade de ser transformada em hotel ou centro comercial.

Istambul

Estação de Haydarpasa em Istambul

Estação Central de Newcastle

A estação ferroviária de Newcastle destaca-se das inúmeras estações de comboios britânicas, também elas impressionantes, pela sua fachada neoclássica e vãos em arco da cobertura da plataforma de embarque. A estação foi inaugurada em 1850, e está hoje a necessitar de obras de renovação, existindo grandes planos de remodelação do interior e também da área circundante.

Estação Central de Milão

Mussolini pretendeu representar o poder do regime na monumental estação ferroviária de Milão. Numa combinação de estilos neoclássico e art déco, a plataforma de embarque possui uma imponente estrutura em ferro ligada a uma imensa estação em mármore, adornada com asas de águia, entre outros motivos ornamentais. Outra obra a não perder.