Bazaruto em Moçambique: O Que Ver e Quando Ir

0

O Arquipélago de Bazaruto constituído pelas ilhas de Bazaruto, Benguerra, Magaruque e Santa Carolina é um autêntico paraíso tropical, de enorme beleza e serenidade, onde pode encontrar inúmeras espécies de fauna e flora, praias desertas magníficas, corais, águas quentes e cristalinas em tons de azul e verde, e peixes tropicais, longe do turismo massificado.

O arquipélago de Bazaruto situa-se a aproximadamente 600 km de Maputo, a Sul da Beira e a Leste de Inhassoro e Vilankulo. Em 1971, parte do arquipélago foi considerada Parque Natural Marinho (Benguera, Magaruque e Bangue) e as ilhas de Bazaruto e Santa Carolina foram classificadas como zonas de vigilância especial.

O Que Ver

Bazaruto possui protecção especial pelas organizações World Wildlife Fund, Endangered Wildlife Trust e pelo Governo moçambicano que restringiu a construção de empreendimentos hoteleiros no arquipélago e cobra uma taxa de entrada aos visitantes (10 dólares).

Bazaruto – A Ilha Escondida. Fonte: wikitravel.org

Bazaruto – A Ilha Escondida. Fonte: wikitravel.org

A ilha tem uma paisagem diversificada constituída por enormes dunas de areia, florestas de casuarinas, pântanos, coqueiros e árvores de caju. Ao nível da fauna destacam-se os golfinhos, os dugongos e as tartarugas marinhas.

O arquipélago possui uma paisagem natural intacta com populações locais que ainda preservam a sua cultura ancestral e se dedicam à pesca. A grande biodiversidade traduzida em cerca de 260 espécies diferentes no território é a marca de local único no contexto da África Meridional também conhecido como “Pérola do Oceano Indico”

Quando Ir

O melhor momento para visitar Moçambique é durante os meses de Inverno, ou seja, de Abril a Setembro.

O clima varia conforme a região do país. No litoral domina o clima sub-tropical, com temperaturas médias anuais de 31ºC, e nas regiões do Norte o clima é tropical.

No interior o clima é mais húmido e com temperaturas médias anuais a rondar os 27ºC. A estação das chuvas ocorre entre Outubro e Março e a estação seca entre Abril e Setembro.

Como Chegar

A TAP tem voos de Lisboa para Maputo, com escala em Joanesburgo, a partir de 865 euros.

A Netviagens propõe um pacote de viagem de 9 dias com estadia em Maputo (2 noites) e Bazaruto (5 noites) a partir de 2636 euros. O preço inclui voos de Lisboa para Maputo; de Maputo para Vilanculos; e transporte de avioneta de Vilanculos para Bazaruto.

Onde Ficar

No Pestana Bazaruto Lodge que possui 25 bungalows tradicionais. O empreendimento dispõe de restaurante, bar e piscina. Os serviços incluem acesso a barcos para pesca em alto mar e centro de mergulho com instrutor.

No Indigo Bay Island Resort que fica situado a sudoeste da Ilha de Bazaruto. Este resort dispõe de 30 chalés de praia e 14 villas de luxo equipados com casa de banho privativa, ar condicionado, minibar, TV satélite, telefone e cofre. No resort encontrará piscina, centro de mergulho, spa e lojas.

Formalidades para Visitar Moçambique

Para visitar Moçambique é necessário um visto emitido por um Consulado ou Embaixada de Moçambique, sendo necessário para a sua obtenção a apresentação do passaporte, duas fotografias e o preenchimento de um formulário.

Os vistos podem ser obtidos no aeroporto à chegada a Maputo (Direcção Nacional de Migração) ou no consulado moçambicano em Portugal com o mínimo de cinco dias de antecedência (100 euros).

A Embaixada da República de Moçambique situa-se na Av. Berna 7, 1050-036, tel: 217 971 994. No Porto existe também o consulado do país Rua Santos Pousada 441, 4000-486, tel: 225 377 535.

É recomendável que os visitantes tomem precauções em relação à cólera, ao tétano e à febre tifóide, sobretudo se a estadia no país for superior a um mês. Consulte o seu médico de família ou os serviços de saúde de medicina tropical da Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa (tel: 218803009) para mais informações.

Durante a estadia devem-se tomar medidas para evitar picadas de mosquitos e cuidados no consumo de alimentos e de água, por forma minimizar os riscos de transtornos intestinais frequentes em zonas tropicais.

Partilhar.