O Que Ver e Fazer na África do Sul – 10 Locais a Visitar

0

A África do Sul é um país de contrastes culturais e paisagísticos. A “nação arco-íris”, como também é conhecida, é um território onde coabitam diversas etnias, culturas e tradições desde há vários séculos.

Numa viagem pela África do Sul existem inúmeros locais que vale a pena conhecer e atividades para fazer, como safaris, caminhadas, passeios em veículos todo-o-terreno, passeios de barco, observações de baleias, e visitas às principais cidades da África do Sul, com especial destaque para a Cidade do Cabo e para Joanesburgo, onde pode visitar o Museu do Apartheid.

Para planear a sua viagem a este país imenso, localizado no extremo sul do continente africano, sugerimos uma lista de 10 locais imperdíveis.

Parque Nacional Kruger

Parque Kruger

Girafa no Parque Kruger

O Parque Nacional Kruger é a maior área protegida da África do Sul, com cerca de 20 mil km2, e uma das principais atrações turísticas do país. Neste parque, vai poder observar os chamados “Big Five”: o leão, o leopardo, o elefante, o búfalo e o rinoceronte. Para além destes mamíferos, destacam-se ainda as girafas, as chitas, as hienas e as zebras.

Ao contrário de outros parques no continente africano, o Kruger possui uma infraestrutura de apoio que inclui alojamento dentro do próprio parque, desde tendas a resorts de luxo. A entrada no parque custa R280 por adulto / dia. Mais informações aqui.

Desfiladeiro do Rio Blyde

Rio Blyde

Desfiladeiro no rio Blyde

O desfiladeiro do rio Blyde é o segundo maior desfiladeiro em África, a seguir ao do rio Fish situado no sul da Namíbia, com cerca de 25 quilómetros de comprimento e 750 metros de profundidade. Aproveite para realizar passeios nesta área, admirar as quedas de água, a floresta e a vegetação subtropical, bem como a diversidade de fauna e flora.

Parque Nacional dos Elefantes de Addo

Elefantes

Eelefantes no Parque Addo

O Parque Nacional dos Elefantes de Addo, situado a cerca de uma hora de automóvel de Port Elizabeth, é um local único que se destaca por albergar a maior concentração de elefantes do mundo. Os passeios de jipe com guia são a melhor forma de explorar este local e ver de perto os elefantes no seu ambiente natural.

Table Mountain

Vistas de Table Mountain

Teleférico de Table Mountain

A Table Mountain oferece as melhores vistas panorâmicas sobre a Cidade do Cabo, a Ilha Robben e o litoral, a cerca de 1.100 metros de altitude. A caminhada até ao topo dura cerca de 2 horas. O teleférico panorâmico, com uma visão de 360 graus, é outra possibilidade de chegar ao cimo da montanha. No regresso, o rappel pode ser a opção de descida para os mais aventureiros.

Vinhas do Cabo

Cidade do Cabo

Paisagem vinícola próxima da Cidade do Cabo

A região conhecida como Vinhas do Cabo está localizada a cerca de uma hora da Cidade do Cabo, e oferece um cenário natural ímpar, rodeado de montanhas majestosas e vales férteis.

Na rota das Vinhas do Cabo, existem centenas de vinhedos para visitar, mas os de Franschoek e Stellenbosch são dos mais populares.

Em Franschoek, os vinhedos Môreson, La Petite Ferme e Haute Cabrière são visitas obrigatórias. Uma excursão privada é uma das melhores formas de conhecer a região, já que permite escolher os pontos de paragem.

Alguns visitantes optam pelo Franschhoek Wine Tram, uma espécie de tram hop-on hop-off que faz uma volta pelas principais vinhas da região.

Em Stellenbosch, os vinhedos mais populares são Tokara, Kanonkop e Delaire Graff Estate. Groot Constantia é a mais antiga propriedade vinícola, localizada a apenas 20 minutos da Cidade do Cabo.

Docas de Victoria & Alfred

As Docas de Victoria & Alfred são uma das atrações turísticas mais visitadas da Cidade do Cabo. Trata-se de uma zona comercial, com vários restaurantes, lojas, teatros e onde se realizam concertos ao ar livre e espetáculos gratuitos. O V&A Market on the Wharf é um mercado com produtos frescos originários de todo o mundo, incluindo vários vendedores de produtos biológicos. Neste local não deixe ainda de visitar o Museu Marítimo Sul-Africano e a Torre do Relógio.

Reserva de Hluhluwe-Umfolozi

Hluhluwe-Umfolozi

Rinocerontes no ambiente natural

A Hluhluwe-Umfolozi é a reserva natural mais antiga do continente africano tendo sido declarada como tal em 1895. A reserva está localizada na costa oriental da África do Sul, próxima da cidade de Durban. Neste parque também vai poder observar os famosos “Big Five”, realizar caminhadas com guias locais, passear de barco na barragem de Hluhluwe e observar a vida selvagem ao longo das margens, onde poderá avistar crocodilos e hipopótamos.

Knysna

Knysna

Lagoa de Knysna

A cidade de Knysha, que integra a Rota dos Jardins, é um dos destinos turísticos mais visitados pelos sul-africanos. A região é dominada por montanhas, rios de águas transparentes, praias, e jardins repletos de flores, principalmente entre a baía de Mossel e o Cabo São Francisco. Nesta região aproveite para fazer caminhadas, saborear a gastronomia sul-africana nos restaurantes locais, e descobrir as belas falésias de diferentes tonalidades.

Cordilheira Montanhosa de Drakensberg

Drakensberg

Cordilheira de Drakensberg

A cordilheira de Drakensberg é a maior cadeia montanhosa da África do Sul, com cerca de 1.000 quilómetros de extensão e 3.483 metros de altitude no ponto mais elevado. Um dos locais mais imponentes é um anfiteatro natural existente na região norte da cordilheira.

Joanesburgo

Joanesburgo

Estátua de Nelson Mandela na praça com o mesmo nome em Joanesburgo

A cidade de Joanesburgo, a maior da África do Sul, com cerca de 4,5 milhões de habitantes, é o principal centro industrial, comercial e cultural do país. Não deixe de visitar esta grande área urbana com muito para conhecer, nomeadamente o Museu do Apartheid, o Museu Nacional de História Militar da África do Sul e a Constitution Hill.

Partilhar.