O Que Ver e Fazer no Dubai – 10 Atrações Imperdíveis

A torre Burj Al Arab

O Dubai é um dos sete territórios que compõem os Emirados Árabes Unidos, embora seja muitas vezes confundido por um país. A cidade homónima é um hub comercial, cultural e do transporte global em pleno Médio Oriente.

Ocupando um território que outrora foi deserto, o Dubai suscita um misto de sensações por ser um local onde se cruzam bazares, que invocam tradições milenares, e sofisticadas peças de arquitectura avant-garde, como Burj Khalifa, o mais alto arranha-céus do mundo. É um local onde a modernidade dos maiores centros comerciais e hotéis de luxo do mundo se encontra com as tradições dos mercadores e dos homens do deserto.

1Burj Khalifa

Burj Khalifa, o mais alto arranha-céus do mundo

Sobranceiro à cidade como uma espécie de nave espacial em forma de agulha, Burj Khalifa é o mais alto arranha-céus do mundo, com mais de 800 metros de altura, e uma obra assinalável de tecnologia e design. A oportunidade de subir ao Burj Khalifa não deve ser desperdiçada. Dia e noite, a vista é magnífica. O edifício tem 160 andares, mas basta ficar pelo 124º.

Dica: Os bilhetes comprados online, com alguns dias de antecedência, são mais baratos do que quando comprados no local.

2Dubai Mall

Vista aérea do Dubai Mall

Este centro comercial faz parte do complexo do Burj Khalifa, o mais alto arranha-céus do mundo. Do tamanho de 50 estádios de futebol, o Dubai Mall é o maior centro comercial em termos de área, com mais de 1.200 lojas, um ringue de patinagem no gelo, um centro de jogos SEGA, um hotel de 5 estrelas, mais de uma centena de restaurantes e cafés e mais de duas dezenas de salas de cinema, sem esquecer um dos maiores aquários do mundo.

3Dubai Mall Aquarium

Aquário do Dubai

O Dubai Mall, o maior centro comercial do mundo, alberga um gigante aquário localizado no piso térreo. Com capacidade para 10 milhões de litros de água, o aquário possui milhares animais aquáticos de 140 espécies diferentes, incluindo 300 tubarões e raias. Um túnel com 48 metros de comprimento permite aos visitantes caminhar 11 metros abaixo da superfície do tanque. Em Fevereiro de 2010, uma fuga no tanque dos tubarões levou à evacuação e ao breve encerramento do aquário e do Dubai Mall.

4Fontes do Dubai

Espectáculo das fontes do Dubai

Junto ao Dubai Mall, as fontes do Dubai oferecem um espectáculo de águas semelhante ao das fontes do Bellagio em Las Vegas. A coreografia das águas dançantes, acompanhada de música moderna árabe e música do mundo, pode ser vista à tarde e à noite, quando se junta a coreografia das luzes.

Horário: Sessão da tarde – todos os dias, excepto sexta, às 13h e 13h30 (sexta às 13h30 e 14h). Sessão da noite – todos os dias das 18h às 23h de 30 em 30 minutos.

5Bastakya

Entrada do Museu do Dubai

Bastakya corresponde à zona histórica do Dubai. Trata-se de um bairro construído no final do século XIX pelos comerciantes persas atraídos ao Dubai pelas baixas tarifas comerciais e pelo acesso ao creek, o canal que divide a cidade ao meio. O nome Bastakya vem da cidade de Bastak no sul do Irão.

Esta área, localizada ao longo do creek a leste do bairro Bur Dubai, é uma fotografia do Dubai antigo. Dos edifícios reconstruídos no estilo tradicional, destacam-se as torres de vento, ventiladores naturais que podem ser considerados precursores do sistema de ar condicionado moderno. No porto, o forte Al Fahidi, uma estrutura com 200 anos, alberga o Museu do Dubai, que retrata o passado da cidade como importante centro de comércio e de exploração de pérolas, e a sua rápida transformação numa moderna metrópole.

6Dubai Creek

As embarcações típicas em madeira, conhecidas como dhows, no creek do Dubai

O famoso creek é o canal que divide a cidade ao meio, com os bairros de Deira a norte e Bur Dubai a sul. O canal teve um papel fundamental no desenvolvimento da cidade, atraindo os primeiros habitantes para a pesca e a captura de corais. Foi aqui que se estabeleceu o Dubai, na década de 1830, com membros da tribo de Bani Yas. A área do cais dos dhows, típicas embarcações em madeira, localizada nas margens do Dubai Creek, permanece intacta desde esses tempos. Honrando a tradição, os dhows continuam a ancorar diariamente para carregar e descarregar diversos produtos provenientes desta região do Médio Oriente.

Para atravessar o creek, pode embarcar num dos dos dhows que foram convertidos em cruzeiros turísticos ou no abra, um pequeno ferry em madeira que liga Bur Dubai e Deira.

7Deserto

Camelo no deserto da Arábia

Uma visita ao Dubai não fica completa sem uma passagem pelo deserto da Arábia. A forma mais fácil de pisar as dunas deste deserto é fazer um safari num veículo 4×4. No entanto, desengane-se quem pensa que vai para um local remoto como o deserto do Saara. Depois dos solavancos do jeep, vai provavelmente encontrar muitos outros turistas num deserto repleto de espectáculos de dança do ventre e serviços de tatuagens henna. Conheça ainda outras propostas de aventura no deserto do Dubai.

8Jumeirah Beach

Praia de Jumeirah com o Jumeirah Beach Hotel em fundo

Jumeirah é uma área residencial na costa do Dubai, onde se localiza a praia mais popular da cidade e os luxuosos hotéis que se erguem literalmente da areia – Burj Al Arab, que se anuncia como um hotel de 7 estrelas, e o Jumeirah Beach Hotel. As águas quentes de cor azul-turquesa do golfo Pérsico e a areia branca explicam a popularidade desta praia. Infelizmente, o rápido desenvolvimento sem um planeamento adequado conduziu nos últimos anos à contaminação por esgotos de algumas das praias do Dubai. Como consequência, as autoridades do Dubai passaram a utilizar o sistema da Bandeira Azul para assinalar as praias boas para banhos.

9Burj Al Arab

A torre Burj Al Arab

Burj Al Arab é a mais alta estrutura do mundo exclusivamente usada como hotel. A torre em forma de vela de barco, com 321 metros de altura, alberga o luxuoso hotel de 7 estrelas e ergue-se de uma ilha artificial ao largo da praia de Jumeirah, à qual está ligada por uma ponte particular. A visita ao interior do hotel não é permitida sem quarto reservado ou reserva num dos restaurantes e bares.

Se quiser visitar sem pagar 1.500€ por um quarto (é este o preço do luxo!), tem duas formas alternativas de conhecer o interior do hotel: uma, é ficar no Jumeirah Beach Hotel, com quartos a partir de 300€, e participar numa das visitas guiadas gratuitas, a outra é reservar um High Tea no Skyview Bar, uma espécie de chá tardio, servido às 19h, que inclui sandwiches, scones, pastéis, etc. e custa AED 410 por pessoa (cerca de 100€).

10Souks

Banca no souk de especiarias

No Dubai, existe um conjunto de bazares tradicionais a descobrir. Em Bur Dubai, na margem sul do creek, vai encontrar o colorido souk dos tecidos, com uma colecção infindável de tecidos em seda, algodão e bordados. Na margem oposta, em Deira, vai encontrar o souk do ouro, o mais visitado do Dubai, com centenas de comerciantes a vender todo o tipo de joias em ouro, prata, diamantes e outras pedras preciosas. Próximo do souk do ouro, siga o nariz até ao souk das especiarias onde vai encontrar açafrão, tâmaras frescas e todo o tipo de especiarias exóticas e frutos secos.

SEM COMENTÁRIOS