O Que Ver e Fazer nas Filipinas – 6 Melhores Atrações

Com uma das mais longas linhas de costa do mundo, as Filipinas surpreendem. O país surge hoje como uma alternativa aos destinos de praia mais conhecidos do sudeste asiático, como Bali e o sul da Tailândia.

São várias as razões para visitar o maior país católico do continente asiático. Para além de praias de sonho, destacamos as paisagens deslumbrantes, uma rica herança cultural e um povo acolhedor.

Seleccionámos seis locais imperdíveis nas Filipinas e damos dicas sobre o que ver e fazer.

Bocaray

Praia na ilha de Boracay

Com apenas 7 km de comprimento e 500 m de largura no local mais estreito, a ilha de Bocaray tornou-se famosa pelas suas praias idílicas, consideradas das mais belas da Ásia. White Beach e Bulabog Beach são as mais populares. Os quatro quilómetros de White Beach são alinhados por resorts, restaurantes e lojas de mergulho. Bulabog Beach, do lado oposto da ilha, é a segunda praia mais turística, e a principal área para a prática de windsurf e kiteboard. Existem praias mais remotas mas com uma oferta turística reduzida.

Banaue

Terraços de arroz de Banaue

Os terraços de arroz de Banaue são Património Mundial da UNESCO, e um exemplo da combinação harmoniosa entre a humanidade e o ambiente que a rodeia. Com 2 mil anos, os terraços foram esculpidos, com recurso a escassos utensílios, pelos agricultores da minoria étnica Lfugao, habitantes da Cordillera filipina, que os transmitiram de geração em geração. A irrigação faz-se naturalmente através de linhas de água e nascentes canalizadas pelas encostas das montanhas. Dois dos terraços mais bem conservados são o Batad, na forma de anfiteatro, e o Bangaan, que enquadra uma aldeia Ifugao tradicional.

Colinas de Chocolate

Colinas de Chocolate na ilha de Bohol

Localizadas na ilha Bohol, as Colinas de Chocolate são 1.268 montanhas em forma de cone, variando entre 30 e 120 metros de altura, que ocupam uma área de 50 km². Vistas da plataforma de observação de Carmen, as colinas de Chocolate parecem não ter fim. O aspecto achocolatado é observável apenas durante a estação seca quando a erva que cobre as montanhas deixa de estar verde.

Estas formações são o resultado da erosão do calcário marinho ao longo de milhões de anos, de acordo com uma das teorias mais aceites pelos geólogos. Existem, no entanto, várias lendas que procuram explicar o fenómeno. Uma das mais românticas conta que os cones são as lágrimas secas do gigante imortal Arogo, derramadas na sequência da doença e morte da amada.

Cebu

Forte de São Pedro na cidade de Cebu

Localizada na parte central das Filipinas, Cebu é outra ilha tropical paradisíaca, com clima tropical, praias de areia branca e mar de cor azul-turquesa. As melhores praias estão localizadas a norte na ilha de Malapascua e na costa de Moalboal.

Não deixe de visitar também a cidade de Cebu, um importante centro cultural das Filipinas. A chegada do navegador português Fernão de Magalhães a Cebu, em 1521, ao serviço de Espanha deu início à colonização espanhola neste território. A marca da presença espanhola e a influência da religião católica é visível nos vários edifícios históricos, como o Forte de São Pedro, a Basílica do Santo Menino, a cruz de Fernão de Magalhães, e a Catedral Metropolitana de Cebu.

Palawan

Reserva de El Nido

Palawan é uma ilha que encanta. O azul-turquesa do oceano mistura-se com o verde-esmeralda das montanhas numa paisagem polvilhada por pequenas aldeias piscatórias. Puerto Princesa é a capital, localizada na proximidade do Parque Nacional do Rio Subterrâneo de Puerto Princesa, onde se encontram incríveis formações cársicas. Os recifes de Coron na ilha Busuanga são um popular local de mergulho.

A reserva marinha de El Nido é outra atração de Palawan, com uma área protegida que é o maior santuário marinho das Filipinas. Os resorts El Nido Resorts Lagen Island e El Nido Resorts Miniloc Island, com cabanas sobre a água, oferecem uma experiência única aos hóspedes, e simultaneamente desempenham um papel activo na protecção do recife e da ilha.

Manila

Catedral de Manila

Manila é a capital das Filipinas, uma cidade frenética que mistura o antigo e o moderno, o oriental e o ocidental. Muitos turistas passam ao lado de Manila a caminho de destinos paradisíacos nas Filipinas, mas a cidade está repleta de história e de experiências que pode oferecer. A gastronomia de Manila é disso exemplo. Quer na forma de comida de rua ou de alta cozinha, representa a fusão das culturas espanhola, indígena e chinesa.

Manila foi fundada em 1571 por Miguel Lopez de Legazpi na área conhecida como Intramuros. Apesar da destruição levada a cabo pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, esta área dentro de muralhas contém ainda notáveis exemplos da arquitectura espanhola, dos quais se destacam o Forte Santiago, construído em 1571, e a Catedral de Manila, alvo de diversas reconstruções desde que foi fundada no século XVI.