O Que Ver e Fazer em Istambul: 10 Locais a Visitar

0

Dividida entre o Oriente e o Ocidente, a cidade de Istambul é uma amálgama de influências culturais com um legado histórico singular.

As mesquitas, as basílicas, os palácios e os antigos bazares são apenas alguns exemplos de uma herança ancestral que perdurou até aos dias de hoje.

Atualmente, Istambul é uma cidade moderna e cosmopolita que tem muito para oferecer a quem a visita.

Para planear a sua visita à maior cidade da Turquia sugerimos 10 locais imperdíveis para conhecer nesta cidade repleta de charme e encanto.

#1 Mesquita Azul

Viagem a Istambul

Mesquita Azul

A Mesquita Azul, construída no início do século XVII, continua a ser um dos principais locais de oração de Istambul.

Para entrar na mesquita, os visitantes têm de tirar os sapatos e as mulheres têm de cobrir a cabeça com um lenço. É um pequeno preço a pagar para admirar os magníficos interiores que incluem mais de 20 mil azulejos e mais de 200 vitrais.

Este imponente edifício, com 6 minaretes e um estilo clássico otomano, está localizado no bairro de Eminonu em frente à Basílica de Santa Sofia.

O melhor período para visitar a mesquita é durante a tarde, quando a afluência de turistas é menor. A entrada é gratuita.

#2 Basílica Santa Sofia (Hagia Sophia)

Interior Basílica Santa Sofia - Istambul

Interior Basílica Santa Sofia

A Basílica de Santa Sofia é um dos monumentos mais emblemáticos de Istambul. Um edifício imponente construído durante o Império Bizantino (século VI) que ao longo de vários séculos serviu como espaço de oração de religiões. Pertenceu à igreja ortodoxa grega durante seis décadas até ao século XII, quando passou a ser uma igreja católica. Em medos do século XV tornou-se uma mesquita tendo permanecido assim até 1931 quando foi secularizada e encerrada. Em 1935, abriu ao público como museu.

Ao longo do tempo serviu como inspiração na construção de outras mesquitas otomanas, incluindo a Mesquita Azul, sendo um excelente exemplo da arquitectura Bizantina a nível mundial.

O melhor período do dia para visitar a Basílica é a partir da tarde quando as filas são menores. A entrada custa 30 liras turcas.

#3 Palácio Topkapi

Palácio Topkapi

Interior do Palácio Topkapi

O Palácio Topkapi, construído no século XV, é outro dos monumentos mais conhecidos da cidade de Istambul, tendo sido inscrito na lista de Património Mundial da Unesco em 1985.

O palácio está localizado no topo de uma colina e oferece vistas impressionantes, a partir dos seus jardins, para o Mar de Marmara, para o Estreito do Bósforo e para o Corno de Ouro. O complexo, que foi residência oficial do Império Otomano e sede do governo turco, é hoje um museu com obras de arte otomana que inclui armas, peças de porcelana, jóias, relógios, entre outros objectos. A entrada custa 30 liras turcas.

#4 Grande Bazar

Grande Bazar

Produtos à venda no Grande Bazar

O Grande Bazar é o local ideal para fazer compras. Este mercado com mais de 5 mil espaços comerciais é considerado como um dos maiores mercados fechados do mundo, recebendo cerca de 250 mil visitantes por dia. No bazar, datado do século XV, vai encontrar os mais variados artigos, desde tapetes, peças de joalharia e de porcelana, malas, especiarias, frutos secos, chás, doces tradicionais e diversos produtos do Médio Oriente e da Ásia.

#5 Mesquita Suleymaniye

Suleymaniye

Interior da Mesquita Suleymaniye

A Mesquita Suleymaniye, situada na segunda colina de Istambul, domina a paisagem da cidade. A mesquita imperial otomana foi construída no século XVI pelo sultão Suleyman, o Magnífico, sendo um excelente exemplo da arquitectura Islâmica e Bizantina. A mesquita faz parte do centro histórico de Istambul, classificado pela Unesco como Património Mundial da Humanidade.

#6 Avenida Istiklal e Praça Taksim

Avenida Istiklal

Avenida Istiklal

A Istiklal, é uma das avenidas mais conhecidas de Istambul. Por aqui circulam cerca de 3 milhões de pessoas por dia. Esta extensa avenida pedonal com 1600 metros de extensão está localizada no bairro histórico de Beyoglu e é um dos locais imperdíveis na cidade. A avenida é ladeada por edifícios históricos de diferentes épocas (a maioria do século XIX e início do século XX) e estilos arquitectónicos (neo-clássico, neo-gótico, Art Noveau) e por lojas, cafés, livrarias, pastelarias e restaurantes.

Para admirar a avenida viaje no pitoresco eléctrico, que liga a Praça Tunel à Praça Taksim, onde encontra um monumento dedicado a Mustafa Kemal Ataturk, um dos símbolos nacionais do país.

#7 Cisterna da Basílica

Istambul

Cisterna da Basílica

A Cisterna da Basílica tem fornecido água aos habitantes de Istambul desde o século VI, data em que foi mandada construir pelo imperador romano Justiniano I. A cisterna subterrânea está situada apenas a apenas 100 metros da Basílica Santa Sofia.

Este local foi utilizado como cenário para o filme de James Bond Da Rússia com Amor em 1963. A entrada custa 20 liras turcas.

#8 Torre Galata

Torre Galata

Torre Galata

Com 67 metros de altura e 9 andares, a Torre Galata oferece excelentes vistas sobre o centro histórico e os arredores. Esta torre de origem medieval, conhecida como a Torre de Cristo, foi construída em meados do século XIV. A estrutura foi sendo modificada ao longo do tempo, sendo hoje ocupada por um café e um restaurante.

#9 Palácio Dolmabahce

Dolmabahce

Palácio Dolmabahce

O Palácio Dolmabahce está localizado na margem europeia do Bósforo. O palácio foi construído em meados do século XIX, tendo uma arquitectura otomana e de estilo europeu com apontamentos neoclássicos, barrocos e Rococó, possuindo o maior lustre de cristais da Boémia. O Dolmabahce foi a residência oficial de seis sultões entre 1856 e 1924 e foi o local onde faleceu Mustafa Ataturk, o fundador e o primeiro presidente da República da Turquia.

#10 Complexo dos Museus Arqueológicos de Istambul

Os Museus Arqueológicos de Istambul são o maior núcleo museológico da Turquia, sendo constituído por três museus: o Museu Arqueológico, o Museu de Antiguidades Orientais e o Museu do Quiosque Esmaltado. Estes três museus contam com mais de 1 milhão de objectos de civilizações de diversas regiões do mundo, incluindo o sarcófago de Alexandre, o Grande.

Partilhar.