O Que Ver e Fazer em Madrid – 10 Atrações Imperdíveis

Madrid é uma das cidades mais interessantes para se visitar em Espanha. Um destino de surpreendente, conhecido pelos museus de renome internacional, pela gastronomia de sabores intensos e pela famosa “movida madrilena”.

Faça uma escapadinha a Madrid e aproveite tudo aquilo que a capital espanhola tem para oferecer.

Para planear a sua viagem sugerimos 10 locais a não perder nesta grande metrópole cosmopolita que possui uma dinâmica muito própria.

Plaza Mayor

Plaza Mayor

Plaza Mayor

A Plaza Mayor é um dos principais símbolos da capital espanhola. É uma praça de padrão rectangular rodeada por edifícios de 3 pisos, datados de meados do século XIX, cuja entrada é feita através de 9 pórticos. Um dos pórticos mais conhecidos é o Arco de Cuchilleros de autoria do arquitecto espanhol Juan de Villanueva, um dos expoentes máximos da arquitectura neoclássica em Espanha.

Na Plaza Mayor destacam-se ainda outros pontos de interesse como a estátua equestre de Filipe III, situado no centro da praça, a Casa de la Carniceria e a Casa de la Panaderia, onde está localizado actualmente o centro de informação turística.

Palácio Real

Palácio Real

Fachada do Palácio Real

O Palácio Real de Madrid foi construído durante o século XVIII, sendo hoje a residência oficial do Rei de Espanha, apesar da Família Real viver no Palácio da Zarzuela. Atualmente, o palácio é utilizado apenas para cerimónias oficiais. Entre os elementos mais significativos do interior do edifício destacamos a escadaria principal, o Salão de Colunas, a Sala de Refeições de Gala e o Salão do Trono com um estilo rococó.

O Palácio Real está aberto das 10h às 18h, de outubro a março, e das 10h às 20h de abril a setembro.

Museu do Prado

Museu do Prado

Museu do Prado

O Museu do Prado é uma das atrações turísticas mais populares de Madrid. O edifício, datado do século XVIII e projectado pelo arquitecto Juan de Villanueva, alberga uma das melhores colecções de arte a nível mundial com mais de 7 mil obras de arte que representam a cultura e a História dos séculos XII a XIX.

Entre as obras existentes destacamos a coleção de pintores espanhóis como Goya, El Greco e Velázquez, as colecções de pintura alemã e italiana, as esculturas da Antiguidade Clássica e do Renascimento e a coleção de artes decorativas.

A entrada é gratuita de segunda a sábado das 18h às 20h e aos domingos e feriados das 17h às 19h.

Parque Retiro

Palácio de Cristal no Parque Retiro

O Parque Retiro é o local ideal para passear ao final da tarde, principalmente nos meses de Verão. O parque com quase 120 hectares possui um lago artificial, diversas fontes e uma área desportiva. Ao nível do património edificado, destaca-se o Monumento a Afonso XII de autoria de José Grases Riera, o Palácio de Cristal, e a Porta de Espanha, o local que dá acesso ao Paseo de la Argentina, que corresponde a uma alameda com diversas estátuas.

Gran Via

Gran Via

Gran Via

A Gran Via, também conhecida como a “Broadway de Madrid” e a “rua que nunca dorme” é uma grande avenida localizada no centro da cidade que vai da Plaza de España à Calle de Alcalá. Esta grande artéria da capital espanhola está ladeada por diversos restaurantes, lojas, cafés, teatros, centros comerciais, e hotéis. Um dos edifícios mais emblemáticos é o prédio da Telefónica, inaugurado em 1929. O relógio no topo do edifício, com um estilo Barroco-Americano, é um dos ícones da cidade.

Puerta del Sol

A Puerta del Sol é um dos pontos de encontro preferidos dos madrilenos. É também aqui que está marcado o “quilómetro 0” das estradas espanholas. Um dos edifícios mais emblemáticos desta praça é a Real Casa de Correos, a actual sede da Câmara Municipal de Madrid. Este edifício destaca-se ainda por ter o famoso relógio que tradicionalmente faz a contagem decrescente para a entrada no Ano Novo.

Plaza de la Cibeles

Palácio Cibeles

Palácio Cibeles

A Plaza de la Cibeles, situada no cruzamento entre a Calle de Alcalá, o Paseo de Recoletos e o Paseo del Prado, é uma das mais belas praças de Madrid. A praça está rodeada por diversos edifícios de estilo neoclássico, incluindo o Palácio de Cibeles de autoria do arquitecto Antonio Palacios. No centro da praça destaca-se também a Fuente de la Cibeles, datada de finais do século XVIII, considerada com um dos símbolos da capital espanhola.

Mercado San Miguel

O Mercado San Miguel, localizado a uma curta caminhada a pé da Plaza Mayor, é um local popular entre os madrilenos e os turistas. É o sítio perfeito para saborear as famosas tapas e outras especialidades locais. O edifício com uma arquitectura singular e construído em ferro e vidro foi declarado como Bem de Interesse Cultural pelo estado espanhol no ano 2000.

Museu Rainha Sofia

O Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia é um dos mais importantes museus de arte moderna de Espanha, tendo sido concebido para ser um complemento ao histórico Museu do Prado. Neste espaço museológico vai encontrar obras de arte de referência do século XX, de diversos artistas de renome internacional como os espanhóis Salvador Dalí, Pablo Picasso e Juan Miró, e obras de Kandinsky, George Braque, Roy Lichtenstein, Francis Bacon, entre outros. Uma das obras-primas de Picasso, o quadro El Guernica, está exposto neste museu.

As entradas são gratuitas aos dias de semana e ao sábado das 19h às 21h e das 13h30 às 19h aos domingos. Nos dias 18 de abril, 18 de maio, 12 de outubro e 6 de dezembro a entrada é livre o dia inteiro.

Catedral de Almudena

Catedral de Almudena

Catedral de Almudena

A catedral de Almudena, localizada em frente ao Palácio Real, é uma das igrejas mais imponentes de Madrid, e possui uma arquitectura que conjuga o estilo neoclássico no exterior, neogótico no interior e neo-românico na cripta.

A catedral está aberta das 9h às 21h e a entrada é gratuita. O bilhete para visitar o Museu, a sacristia, a sala capitular e a cúpula da catedral custa 6€. O museu está aberto de segunda-feira a sábado das 10h às 14h30.