O Que Ver e Fazer em Moscovo – 10 Locais a Visitar

0

Moscovo é uma cidade que se destaca pela sua imponência e magnitude. Os monumentos, as catedrais e os edifícios grandiosos, que dominam a paisagem urbana, prendem o olhar em qualquer ponto da cidade.

Moscovo é a maior área urbana do país, com cerca de 12 milhões de habitantes, cujos limites se estendem por mais de 50 quilómetros.

Fundada no século XII, a cidade foi palco de guerras, disputas, invasões e batalhas ao longo dos séculos, tendo o seu nome sido gravado em diversos eventos que marcaram a História Mundial, em especial durante o século XX. Moscovo é uma cidade com um passado glorioso que procura agora reerguer-se do poder de outrora com os olhos no futuro.

Nesta lista, sugerimos 10 pontos turísticos que vale a pena conhecer numa visita à capital russa.

Catedral de São Basílio

Moscovo

Catedral de São Basilio

A Catedral de São Basílio é um dos grandes símbolos de Moscovo. Esta igreja ortodoxa, situada na Praça Vermelha, foi mandada construir por Ivan, o Terrível, para celebrar a vitória na batalha de Kazan, em 1552. A catedral destaca-se pelas cores e pelas formas geométricas das cúpulas. Depois de admirar o exterior, entre na catedral e descubra todos os tesouros escondidos no interior da igreja.

Devido à sua importância histórica e arquitectónica, a catedral é Património Mundial da Humanidade da UNESCO desde 1990.

Horário: Todos os dias das 11h às 18h

Entrada: Adultos 250 RUB | Estudantes até 16 anos: 100 RUB

Morada: Krasnaya Ploshchad, 2

Como chegar: Estações de metro Okhotnyy Ryad e Ploshchad Revolyutsii

Kremlin

Kremlin

Palácio do Kremlin

O Kremlin, residência oficial do Presidente da Federação Russa, é outro dos lugares emblemáticos da capital russa. O complexo fortificado, situado no centro da cidade nas margens do rio Moskva, inclui cinco palácios, quatro catedrais, e uma muralha com diversas torres.

No Kremlin, destacamos as visitas ao Palácio do Arsenal, onde está instalado um dos museus mais famosos de Artes Aplicadas da Rússia, ao Palácio das Facetas, ao Grande Palácio do Kremlin, à Catedral da Assunção e da Anunciação, situadas na Praça das Catedrais, ao Campanário de Ivan, o Terrível, e à coleção Diamante, onde se encontram os tesouros imperiais pertencentes aos príncipes e czares da Rússia. Tal como a Catedral de São Basílio, o Kremlin também integra a lista de Património Mundial pela UNESCO desde 1990.

Os bilhetes para visitar os museus do Kremlin podem ser comprados numa bilheteira existente nos Jardins de Alexandre, a oeste do complexo. Os horários de entrada são pré-definidos. Refira-se que à entrada existe um controlo de segurança, onde os visitantes vão ter de passar por um detetor de metais e podem ser revistados. As mochilas devem ser guardadas nos cacifos existentes junto à bilheteira sem qualquer custo adicional.

Horários e Entradas: Consulte a página oficial do Kremlin para obter mais informações sobre os horários e os preços atualizados.

Morada: Kremlin

Como chegar: Estações de metro Aleksandrovskiy Sad ou Biblioteka Lenina

Praça Vermelha

Praça Vermelha

Edificios na Praça Vermelha

A Praça Vermelha é o coração e a alma da cidade, e um dos locais mais conhecidos da capital russa a nível internacional, principalmente pelos grandes desfiles militares durante a era da União Soviética, e mais recentemente pelos festejos da passagem de ano. Nesta praça, admire as construções em redor, nomeadamente a Catedral de São Basílio, o Kremlin, o Museu Histórico do Estado e a galeria comercial GUM. A Praça Vermelha é outro dos locais que está inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO.

GUM (Glavny Universalnyi Magazin)

GUM

Interior do GUM

A GUM (Glavny Universalnyi Magazin), situada na Praça Vermelha, é uma das maiores catedrais do consumo da cidade. Esta bela construção apresenta uma estrutura inovadora construída em aço e vidro.

Aproveite para admirar a arquitectura e a decoração interior, fazer compras, ou simplesmente tomar um café nos estabelecimentos existentes no segundo piso.

Horário: Todos os dias das 10h às 22h

Como Chegar: Estação de metro Ploshchad Revolyutsii

Teatro Bolshoi

Bolshoi

Teatro Bolshoi

O Teatro Bolshoi é a sede da famosa Academia de Ballet Bolshoi, e o palco principal dos espectáculos de ballet e ópera da capital russa. Este edifício histórico, inaugurado em 1825, destaca-se pela arquitectura neoclássica, pelas 8 colunas do pórtico e pela escultura de Apolo, o deus da arte.

Entre 2006 e 2011, o teatro foi alvo de uma profunda reabilitação que incluiu a restauração da qualidade acústica original e da decoração associada à Rússia Imperial.

No site do Teatro Bolshoi encontra mais informações sobre as visitas e a programação. Caso pretenda visitar o interior é aconselhável fazer a compra do bilhete com a maior antecedência possível, pois estes esgotam rapidamente.

Morada: Teatralnaya Ploshchad 1

Como Chegar: Estação de metro Teatralnaya

Catedral Cristo Salvador

Catedral Cristo Salvador

Exterior da catedral

A Catedral de Cristo Salvador é um ícone do renascimento cristão ortodoxo na Rússia, e um dos símbolos da cidade, a par da Catedral de São Basílio, que se destaca pela beleza das suas cinco cúpulas douradas. A igreja foi construída para celebrar a derrota das tropas napoleónicas e a vitória do exército Russo, em 1812, tendo sido inaugurada em 1883 com a coroação do imperador Alexandre III.

Para visitar a Catedral é necessário passar por um controlo de segurança na entrada. A entrada é gratuita, e não é permitido tirar fotografias no interior.

Morada: Ulitsa Volkhonka, 15

Como Chegar: Estação de metro Kropotkinskaya

Estações de Metro de Moscovo

Metro de Moscovo

Estação de metro

Viajar de metro é a melhor forma de se deslocar na cidade. Este meio de transporte começou a funcionar em Moscovo em 1935. Atualmente, a rede tem uma extensão de 300 quilómetros com cerca de 150 estações, sendo utilizada diariamente por oito milhões de passageiros.

Algumas estações de metro são autênticas galerias de arte. A estação de Ploshchad Revolyutsii, com as suas estátuas em bronze e o pavimento marmoreado, e a de Kievskaya, com painéis de mosaicos que exaltam os camponeses ucranianos, são alguns dos exemplos.

Nota ainda para outras estações que merecem uma visita como a de Komsomolskaya e Novoslobodskaya na linha circular, Kropotkinskaya na linha vermelha ou a estação Mayakovskaya na linha verde, inaugurada em 1938, e que é um exemplo da arquitectura estalinista que antecedeu à Segunda Guerra Mundial.

Ao descobrir as várias estações, encontrará vários mundos e tesouros artísticos que acabam por ser um museu por onde passam milhões de pessoas todos os dias. Para descobrir estas autênticas obras de arte terá apenas de pagar 29 RMB. O preço correspondente a um bilhete de metro.

Rua Arbat

Centro de Moscovo

Rua Arbat

A Arbat é uma das ruas mais interessantes e turísticas da cidade. Nesta artéria moscovita, exclusivamente pedonal, vai encontrar artistas que expressam a sua arte em quadros e peças de artesanato que colocam à venda, restaurantes e lojas de souvenirs. Não deixe ainda de admirar os edifícios históricos e de visitar a Casa-Museu de Pushkin, considerado uma das figuras maiores da poesia russa.

Como Chegar: Estações de metro Arbatskaya ou Smolenskaya

Sete Irmãs de Estaline

Sete Irmãs

Um dos edificios (hotel) que faz parte das “Sete Irmãs”

As Sete Irmãs de Estaline correspondem a sete arranha-céus que foram construídos entre 1947 e 1953 para celebrar o poder da União Soviética e a vitória sobre o regime nazi durante a Segunda Guerra Mundial.

Os edifícios, com um estilo arquitectónico conhecido como classicismo soviético, não passam despercebidos na paisagem urbana de Moscovo pela sua imponência e dimensão. Uma das construções mais emblemáticas está localizada na Universidade Estatal de Moscovo – Lomosonov. Trata-se de um edifício com cerca de 240 metros de altura e 36 andares, perfeitamente simétrico, e que possui uma estrela de 10 toneladas no topo.

Convento Novodevichy

O Convento Novodevichy, situado nas margens do rio Moskva, é uma obra-prima da arquitectura de estilo barroco russo.

O complexo inclui a catedral ortodoxa dedicada a Nossa Senhora de Smolensk, a Torrre do Sino e um cemitério onde estão sepultados algumas figuras proeminentes da cultura russa como os escritores Bulgakov e Stanislavski, e o ex-presidente da Federeção Russa Boris Yeltsin.

O convento monástico de Novodevichy, pela sua importância histórica e cultural, foi considerado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO em 2004.

Horário: Quarta a segunda-feira das 7h às 17h | Museus das 9h às 17h

Entrada: Adultos: 250 RUB | Estudantes: 100 RUB | Adicional para tirar fotografias: 100 RUB

Morada: Novodevichy

Como Chegar: Estação de metro Sportivnaya (é necessário caminhar cerca de 7 a 10 minutos até ao convento)

Partilhar.