O Que Ver e Fazer em Varsóvia – 5 Locais a Visitar

0

A cidade de Varsóvia, capital da Polónia, foi completamente destruída durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, a capital polaca conseguiu superar as adversidades e recompor-se, conservando os traços originais do passado.

A cidade foi reconstruída, quase pedra sobre pedra, pelos seus habitantes. A Stare Miasto (Cidade Velha), a praça do Castelo com as suas esplanadas e a Catedral de São João Baptista são alguns dos símbolos desta cidade reconstruída.

Atualmente, Varsóvia é uma cidade vibrante e barata para fazer férias. A cidade está na moda, tendo o conceituado Guia Lonely Planet considerado a capital polaca como uma das 10 cidades europeias mais interessantes para visitar nos próximos anos.

Para planear a sua viagem a Varsóvia, sugerimos os 5 locais mais emblemáticos deste destino.

Cidade Velha

Varsóvia

Centro Histórico de Varsóvia

A Cidade Velha (Stare Miasto) é o coração da cidade. A Praça do Mercado é um dos lugares mais emblemáticos, com diversos edifícios, coloridos que foram reconstruídos de acordo com o estilo arquitectónico original, lojas, restaurantes, cafés e esplanadas. O centro histórico inclui ainda o Castelo Real, a Coluna de Sigismundo, a fortificação Barbican, a Catedral de São João Baptista, entre outros locais.

Nos meses de Verão, as principais praças da Cidade Velha ganham um encanto especial, com a realização de espectáculos de música e teatro ao ar livre.

Em 1980, a UNESCO designou esta área da cidade Património Mundial da Humanidade pelo excelente exemplo de reconstrução.

Castelo Real de Varsóvia

Palácio Real de Varsóvia

Castelo Real

O Castelo Real de Varsóvia, situado à entrada da Cidade Velha, é o símbolo da soberania e da história polaca. Este antigo palácio real foi residência oficial dos reis da Polónia, sendo actualmente um monumento histórico nacional.

Não deixe de admirar o exterior e de visitar o interior, nomeadamente as Salas Jaguelónicas, as Casas do Parlamento, os Aposentos Reais e a Colecção Lanckoroński, que inclui obras de Rembrandt.

Em frente ao palácio, destacamos ainda a Coluna de Sigismundo, erguida em 1644 e que presta homenagem ao rei Segismundo III. No final do século XVI, foi este rei quem transferiu a capital da Polónia de Cracóvia para Varsóvia.

Catedral de São João Baptista

A Catedral de São João Baptista é considerada a igreja mais importante da Polónia, tendo sido reconstruída após a Segunda Guerra Mundial de acordo com o estilo gótico que apresentava no século XIV.

Palácio da Cultura e Ciência

Arquitetura de Varsóvia

Palácio da Cultura e Ciência

O Palácio da Cultura e Ciência é considerado e edifício mais alto da Polónia, com 232 metros de altura (42 andares). O edifício, inaugurado em 1955, foi uma “oferta” da União Soviética ao povo polaco, sendo o expoente máximo do realismo socialista, um estilo arquitectónico predominante na ex-União Soviética.

Uma das principais atrações deste edifício é a plataforma de observação, situada no 30.º andar, que oferece excelentes vistas panorâmicas sobre a cidade. À noite, o Palácio ganha um encanto especial com as luzes coloridas que iluminam o edifício.

Praça do Mercado

Centro de Varsóvia

Praça do Mercado

A Praça do Mercado na Cidade Velha foi reconstruída durante a década de 1950. Os edifícios coloridos, as pequenas lojas e os cafés acolhedores fazem desta praça um dos lugares mais pitorescos da cidade. Não deixe de visitar o local a diversas horas do dia, e de admirar o movimento incessante de locais e turistas.

Partilhar.