O Que Ver e Fazer em Zurique – 5 Locais a Visitar

Entre as montanhas e as florestas alpinas esconde-se uma cidade com uma das melhores qualidades de vida do mundo – Zurique.

A maior cidade da Suíça, e o principal centro económico e financeiro do país, está entre as dez áreas urbanas com maior influência a nível mundial pela intensa actividade económica, cultural e tecnológica.

As paisagens montanhosas, o património histórico, a gastronomia, incluindo os chocolates, são outros dos atractivos desta cidade suíça, que é o destino ideal para fazer uma escapadinha de fim-de-semana.

Dica: Para aproveitar ao máximo a sua estadia, pode adquirir o ZürichCARD, um passe turístico que oferece entrada livre na maioria dos museus da cidade, descontos em lojas, restaurantes, e passeios organizados pelo Turismo de Zurique, bem como o acesso livre em toda a rede de transportes públicos da cidade. Este cartão está disponível em duas modalidades: 24 horas (27 CHF) e 72 horas (CHF 53).

1. Centro Histórico (Altstadt)

Centro histórico de Zurique

O centro histórico de Zurique é o coração da cidade. A melhor forma de descobrir esta parte da cidade é a pé. Aprecie os edifícios centenários, explore as ruelas e os becos que a cada esquina oferecem uma surpresa, e conheça as oito pontes sobre o rio Limmat. Aproveite para comprar chocolates nas casas da especialidade.

2. Igrejas de Zurique

Vista da igreja Grossmünster

Grossmünster

Zurique possui um património arquitectónico inestimável, e as igrejas de diferentes épocas e estilos são o melhor exemplo desse património.

Grossmünster (Grande Igreja) é o principal espaço de culto da cidade. Concluída em 1220, a igreja possui um estilo românico que se destaca na paisagem urbana pelas torres gémeas, cujos cumes de estilo neogótico foram adicionados no século XVIII, e que são um dos bilhetes-postais da cidade. Uma das actividades a não perder é subir as duas centenas de degraus e admirar as belas vistas panorâmicas sobre Zurique.

Fraumünster foi construída na mesma época do que a Grossmünster sobre as ruínas de uma antiga abadia do século XIX. Esta igreja protestante de estilo românico e neogótico destaca-se pela torre do relógio, pelo coro de 18 metros de altura, e pelos vitrais, sendo que alguns deles foram concebidos pelo pintor Marc Chagall.

St. Peterskirche, construída nos séculos XVIII e XIX, possui uma arquitectura interior singular com diferentes estilos (barroco, românico e medieval). A igreja alberga ainda o maior relógio da Europa, com cerca de 9 metros de diâmetro.

3. Parque Lindenhof

Vista panorâmica do rio Limmat

O Parque Lindenhof é uma dos principais espaços verdes da cidade. Aproveite para passear e admirar as vistas panorâmicas sobre o rio Limmat, o lago e a cidade, e utilizar os equipamentos de lazer existentes.

4. Estação de Comboios – Zurich HB

Zürich Hauptbahnhof

A estação de comboios de Zurique (Zurich Hauptbahnhof), inaugurada em 1847, é um exemplo da arquitectura neo-renascentista nesta cidade, com especial destaque para a fachada exterior, que integra o inventário de bens culturais da Suíça. A estação é a maior do país, possuindo 26 plataformas que servem mais de 2900 comboios e 400 mil passeiros por dia.

5. Lago Zurique e Rio Limmat

Rio Limmat

A cidade é dominada pelo Lago Zurique e pelos Alpes em cenário de fundo. Uma das actividades imperdíveis é passear de barco no lago e apreciar as vistas panorâmicas sobre a cidade, as pontes, os monumentos e o edificado de diferentes épocas. Os cruzeiros saem regularmente da Landesmuseum, e a viagem de ida e volta tem a duração de uma hora e meia.