O Que Visitar na Dinamarca – 10 Atrações Turísticas

A Dinamarca atrai visitantes em busca dos castelos retratados na literatura, do mundo dos contos e histórias infantis do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen e dos tesouros do passado Viking.

O país é também um destino culinário de excelência – é em Copenhaga que está localizado o Noma, considerado o melhor restaurante do mundo. Fora da capital, são as praias e as paisagens únicas os principais atrativos deste território localizado no norte da Europa.

Para planear uma viagem à Dinamarca, um país onde tudo é perto, conheça 10 das melhores atrações turísticas.

Copenhaga

Canal de Nyhavn em Copenhaga. Autor: Srvora (wikipedia.org) sob licença Creative Commons Attribution ShareAlike 3.0

Canal de Nyhavn em Copenhaga.

É na capital dinamarquesa que vivem as pessoas mais felizes do mundo, segundo um estudo das Nações Unidas (World Happiness Report). A cidade, localizada na ilha de Zealand, a maior e mais populosa do território da Dinamarca, possui o tamanho ideal para ser visitada a pé ou de bicicleta. Não deixe de passear ao longo canal de Nyhavn onde se encontram os coloridos edifícios setecentistas e oitocentistas, de fazer compras na Strøget, a zona pedonal mais extensa do mundo, e de visitar a estátua da pequena sereia.

Riviera Dinamarquesa

Castelo de Frederiksborg

Com praias e uma natureza praticamente intocada, a região a norte de Copenhaga é um destino de férias popular, sendo ideal para um passeio de um dia a partir da capital. As principais atrações desta região são as pitorescas aldeias piscatórias ao longo da costa, as florestas de Store Dyrehave e Gribskov, e o parque de Jægersborg, terras de caça do rei Christian V no final do século XVII. Esta paisagem de floresta foi classificada Património Cultural pela Unesco por configurar um exemplo único de “uma paisagem desenhada”, através da aplicação dos princípios paisagísticos barrocos. Destaque ainda para os famosos castelos de Frederiksborg e Kronborg, este último imortalizado Elsinore em “Hamlet”, a famosa tragédia de Shakespeare.

Ilhas Faroé

Casas típicas das Ilhas Faroé

Este arquipélago de 18 pequenas ilhas, localizado no Atlântico Norte, entre a Islândia e a Noruega, é um dos destinos menos explorados e mais autênticos do mundo. As ilhas oferecem uma paisagem única, que combina numa só vista rochas, campos verdes, quedas de água e o azul do oceano. Entre as principais actividades destacam-se a observação de aves, as caminhadas pelos trilhos, as visitas às pitorescas vilas, com destaque para Kirkjubøur, Gjogv e Saksun, e a gastronomia baseada numa grande variedade de peixe, como o salmão e bacalhau, e no carneiro.

Existem vários voos diários entre Copenhaga e o aeroporto de Vagar a 45 minutos de Tórshavn, a capital das Ilhas Faroé. Os voos são operados pela Atlantic Airways, a companhia nacional das Ilhas Faroé.

North Jutland

Dunas em North Jutland

Esta ilha no norte da Dinamarca está separada da península pelo enorme Limfjord. Este isolamento produz uma luminosidade especial, e mais horas de sol do que no restante território dinamarquês. A paisagem é deslumbrante, ainda que agreste, com intermináveis praias e dunas de areia branca, falésias, charnecas e florestas, onde é visível a força do vento que verga as árvores para leste. Não deixe de visitar o farol Rubjerg Knude enterrado na duna, a aldeia piscatória de Skagen e a cidade portuária de Aalborg.

Funen

Navio no Odense Fjord

Funen é a segunda maior ilha da Dinamarca, localizada a oeste de Copenhaga, entre a ilha de Zealand e a península. É conhecida como a ilha jardim, com vários pomares e quintas com casas de madeira. O arquipélago de South Funen, a sul de Funen, é composto por 55 ilhas de vários tamanhos e belíssimas enseadas e baías. A cidade de Odense é a maior da ilha de Funen, e o local onde nasceu o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen.

A ilha de Funen é acessível por carro através da Great Belt Bridge a partir da ilha de Zealand e da Little Belt Bridge vindo da península de Jutland. A ligação ao arquipélago de South Funen faz-se por pequenas pontes e de ferry.

Aarhus

Centro de Aarhus

A Dinamarca está no topo da lista dos países mais felizes do mundo, e a cidade de Aarhus, com a população mais jovem da Dinamarca, autoproclama-se a cidade mais feliz do mundo. É também a Capital Europeia da Cultura em 2017. Aarhus localiza-se na costa oriental da península de Jutland, a poucos minutos de fjords, florestas e atrações como as pedras de Jelling, duas pedras rúnicas símbolos da transição na Dinamarca da era pagã para a era cristã, que são Património Mundial da Unesco. Outros locais a visitar em Aarhus incluem o moderníssimo museu de arte ARoS, o Moesgaard Museum com artefactos dos tempos dos Vikings e o Palácio Marselisborg, a residência de Verão e de Natal da família real dinamarquesa.

Terra dos Vikings

Reconstrução de um barco Viking

A oeste de Copenhaga, a cerca de uma hora de distância de carro, entra-se na terra dos Vikings. O Museu Viking em Roskilde conserva cinco fascinantes barcos que foram descobertos no Roskilde Fjord. A Catedral de Roskilde é outra das atrações, inscrita na lista de Património da Unesco. A catedral remonta à época medieval, sendo um dos primeiros exemplos de arquitectura gótica no norte da Europa.

Bornholm

Igreja redonda de Bornholm

Bornholm é uma pitoresca ilha, localizada no mar Báltico, próximo das costas da Alemanha, Polónia e Suécia, conhecida pela indústria da pesca e do artesanato. Os turistas procuram a ilha pelas praias localizadas no sul e para explorar Almindingen, a terceira maior floresta da Dinamarca. A vila de Svaneke, com os seus edifícios antigos bem preservados, é outra das atrações, onde também existe um enorme parque de diversões conhecido como Joboland.

Legoland

Construções em Lego

O mundo Lego, conhecido como Legoland, fica situado ao lado da fábrica Lego na pequena cidade de Billund, a 250 km de Copenhaga. Este parque temático foi construído em 1968, e recebe anualmente cerca de 1,6 milhões de visitantes, sendo a maior atração turística da Dinamarca depois de Copenhaga. Com uma dezena de mundos Lego, que incluem casas, jardins, aviões e tudo o que se quiser, é o paraíso da criançada. O Hotel Legoland é uma das opções de alojamento, com acesso directo ao parque.

Sol Negro de Jutland

Bando de estorninhos no Sort Sol (Sol Negro)

Com extensas praias de areia, a costa oeste da Dinamarca assiste a um fenómeno único, conhecido como Sort Sol (ou Sol Negro). Na Primavera e no Outono, milhares de estorninhos migram entre o sul da Europa e a Escandinávia, ocupando no caminho os pântanos do mar de Wadden. O fenómeno ocorre ao pôr-do-sol, altura em que se podem observar incríveis formações de bandos de pássaros no céu, atraindo todos os anos milhares de visitantes curiosos.