O Que Visitar em Helsínquia – 10 Atrações Turísticas

Capela Kamppi

A Finlândia esteve sob domínio sueco entre o século XII e o ínicio do século XIX, quando foi anexada pela Rússia.

Em 1812, a capital do país transferiu-se da cidade de Turku para Helsínquia. A partir desta data, a cidade foi sendo reconstruída segundo o estilo da cidade russa de São Petersburgo, através dos arquitectos Johan Albrecht Ehrenström e Carl Ludwig Engel.

Hoje, Helsínquia é uma cidade moderna onde as imponentes catedrais de Helsínquia e Uspenski de inspiração russa, e a fortaleza de Suomenlinna construída pelos suecos, se combinam com a contemporaneidade de edifícios como a igreja Temppeliaukio, a capela Kamppi, e o museu de arte moderna Kiasma. Estas são algumas das 10 atrações que propomos numa visita a Helsínquia.

1Catedral de Helsínquia

Vista da Catedral de Helsínquia

A catedral de Helsínquia foi projectada por Carl Ludwig Engel entre 1830 e 1852, o mesmo arquitecto que concebeu a praça Senaatintori (ou praça do Senado) onde a catedral está localizada. Originalmente conhecida como igreja de São Nicolau, em honra do czar russo, a catedral mudou de nome com a independência da Finlândia em 1917. Esta imponente igreja luterana em estilo neoclássico ostenta colunas brancas, reminiscente dos edifícios clássicos gregos, uma grande cúpula verde e quatro mais pequenas. As estátuas de zinco nos vértices exteriores representam os 12 apóstolos.

Horários: Todos os dias 9h às 18h (das 9h-24h entre Junho e Agosto)
Entrada: Gratuita

2Suomenlinna

Vista de Suomenlinna

Suomenlinna é uma conhecida fortaleza habitada, construída pelos suecos em 1748 para protecção dos invasores russos. Não muito bem sucedida na sua finalidade, já que os russos a conquistaram em 1808, a fortaleza tornou-se um grão-ducado da Rússia até 1917. Classificada Património da Humanidade pela UNESCO, a fortaleza está localizada em seis ilhas ao largo de Helsínquia. Com uma área verde imensa, cafés, restaurantes, museus e espaços de lazer, é um dos destinos mais populares da capital finlandesa, em especial durante o Verão, embora esteja aberta todo o ano.

A entrada na ilha é gratuita. O modo mais económico de a visitar é apanhando o ferry HKL a partir da Praça do Mercado. O bilhete, de ida e volta, custa 5 euros e é válido durante 12 horas. A viagem demora cerca de 20 minutos.

3Catedral Uspenski

Interior da catedral Uspenski

Localizada na pequena ilha de Katajanokka, a catedral Uspenski, dedicada à Virgem Maria, é um edifício imponente, e a maior igreja ortodoxa da Europa ocidental. Construída entre 1862 e 1868 à imagem de uma igreja moscovita do século XVI, a catedral ostenta uma fachada em tijolo vermelho, com cúpulas verdes e douradas em estilo bizantino. As 13 cúpulas representam Cristo e os 12 apóstolos. O interior da catedral é rico em ícones e candelabros.

Horários: Terça a sexta das 9h30 às 16h, sábados das 10h às 15h, e domingos das 12h às 15h. Encerra à segunda-feira.
Entrada: Gratuita

4Temppeliaukio

Entrada de Temppeliaukio

Situada no bairro de Töolö, Temppeliaukio é uma singular igreja luterana escavada em rocha granítica. A construção teve início em 1930, mas foi interrompida durante a Segunda Guerra Mundial para ser retomada apenas em 1968. Da autoria dos irmãos Suomalainen, a igreja apresenta um interior escavado na rocha, iluminado pelos raios de sol que penetram pela cúpula de cobre. A manhã é o melhor período para visitar. A acústica da igreja é excelente, sendo frequentemente utilizada como local de concertos.

Horários: Todos os dias 10h às 17h, sujeita a alteração em função de cerimónias e actividades religiosas.
Entrada: 3€

5Ilha Seurasaari

Casa na ilha Seurasaari

Seurasaari, uma pequena ilha a noroeste da cidade, é um dos locais mais bonitos de Helsínquia. Aqui, vai encontrar uma grande variedade de fauna e flora e o maior museu ao ar livre da Finlândia, com réplicas de construções antigas em madeira dos séculos XVIII a XX. As construções e os guias vestidos em trajes da época procuram reconstituir as tradições e o modo de vida das populações locais de outrora.

Horário: Segunda a domingo das 11h às 17h (Junho a Agosto); segunda a sexta das 11h às 15h e sábado e domingo das 11h às 17h (15 a 31 de Maio e 1 a 15 de Setembro). O museu encerra nos restantes meses.
Preço: 9€ (Junho a Agosto) e 6€ (Maio e Setembro)

6Capela de Kamppi

Capela Kamppi

Nada no exterior deste moderno e invulgar edifício em madeira, localizado na praça Narinkkatori, faz adivinhar que é uma capela ecuménica. Também conhecida como a capela do silêncio, é promovida pelas paróquias de Helsínquia como um local para acalmar quando a vida se torna demasiado frenética. Próxima de um centro comercial, é precisamente onde apetece ir depois de uma tarde nas compras.

7Parque Esplanadi

Parque Esplanadi

Desde 1812 que o Parque Esplanadi é o refúgio dos habitantes de Helsínquia, e o local onde se encontram com amigos ou assistem a desfiles de moda e concertos de jazz. Localizado no meio das mais movimentadas ruas da capital finlandesa, o parque estende-se desde a central praça Erotajja, próxima da estação de comboios, numa vasta área verde onde vai encontrar um antigo café e vários artistas de rua.

8Museu Nacional da Finlândia

Kansallismuseo - Museu Nacional da Finlândia

O Museu Nacional da Finlândia é o local onde pode encontrar uma vasta colecção de objectos etnológicos desde a idade pré-histórica até aos dias de hoje. O próprio edifício que alberga o museu é uma atração turística pela sua arquitectura em estilo romântico e neo-medieval.

Horário: Terça a domingo das 11h às 18h.
Preço: 10€

9Galeria Nacional da Finlândia

Kiasma - Museu de Arte Moderna

A Galeria Nacional da Finlândia é constituída por três museus: Ateneum dedicado à arte finlandesa, Sinebrychoff sobre a arte clássica europeia, e Kiasma que expõe arte moderna. Com a sua forma invulgar, o edifício que alberga o Kiasma é ele próprio é uma obra de arte contemporânea, projetada pelo arquitecto americano Steven Holl. No interior, estão expostas mais de 4 mil obras de arte em salas rectangulares com paredes onduladas cujo intuito é realçar o usufruto da arte.

Horário: Terça a domingo, o horário varia consoante o museu.
Preço: 10€ a 15€

10Parque de Diversões Linnanmaki

Roda gigante no parque de diversões Linnanmaki

Se visitar Helsínquia com crianças, o parque de diversões Linnanmaki vai ser o local mais popular junto dos pequenotes. Localizado a norte de Helsínquia, as inúmeras atrações incluem uma roda gigante, 8 montanhas russas, uma casa assombrada e 13 restaurantes. Inaugurado em 1950, o parque pertence a uma instituição sem fins lucrativos dedicada a promover o bem-estar das crianças finlandesas.

SEM COMENTÁRIOS