O Que Visitar no Vietname – 10 Atrações Imperdíveis

Com paisagens naturais únicas e uma diversidade cultural e histórica ímpar, o Vietname é um país que oferece lugares exóticos e intrigantes.

Muitos visitantes ficam fascinados com as grandes metrópoles de Hanói e Ho Chi Mihn, mas são as paisagens fora das cidades que mais impressionam, com locais como a idílica baía de Halong, a pitoresca Hoi An, as vilas costeiras como Nha Trang ou Mui Ne, as montanhas de Sapa, com as suas minorias étnicas, a antiga capital imperial Hué, o delta do Mekong e seus mercados flutuantes.

Baía de Halong

Baía de Halong

A baía de Halong é uma das maravilhas naturais do Vietname. Localizada no golfo de Tonkin, no nordeste do país, esta paisagem de sonho é constituída por impressionantes ilhas e ilhéus, grutas e cavernas em calcário, esculpidos naturalmente ao longo de milhões de anos. A baía integra a lista de Património Mundial da Humanidade da Unesco.

A baía de Halong encontra-se a 165 km da capital Hanói. Se viajar de forma independente, fora de uma excursão, a melhor forma de chegar a Halong é de carro ou transporte público (autocarro na estação de Luong Yen em Hanói). Chegando ao cais de Bai Chay, a porta de entrada para a baía de Halong, existem diversas opções: cruzeiros de luxo com dormida, excursões de meio dia em barcos turísticos, ou excursões privativas de meio e dia inteiro. De notar que os barcos turísticos de meio dia são muito concorridos e partem com uma frequência de hora a hora até às 13h (o regresso do último barco ocorre pelas 17h-18h).

Hanói

Vendedora de Laranjas em Hanói

A capital do Vietname e segunda maior cidade do país situa-se no delta do rio Vermelho. Hanói é uma mistura de influências orientais e europeias, de raiz francesa, que se reflecte principalmente na arquitectura do bairro antigo localizado no coração da cidade, intacto apesar das guerras da Indochina e do Vietname.

Não deixe de absorver o ritmo alucinante das ruas deste bairro, marcado por um rodopio de motas, bicicletas, carros e vendedores ambulantes, e de visitar as principais atrações que se encontram nesta área. Destacam-se o lago Hoan Kiem, a Ópera, o teatro de marionetas na água (Thang Long Water Puppet Theatre), o pagode de um pilar, os templos da Literatura e de Quanh Thanh, a praça Ba Dinh, onde o presidente Ho Chi Minh proclamou a independência do Vietname em 1945, e o mausoléu em sua honra, e Dong Xuan, o maior mercado de Hanói.

Sapa

Ponte nas montanhas de Hoang Lien Son

Rodeada por montanhas e terraços de arroz no remoto noroeste do Vietname, a cidade de Sapa é porta de entrada para as montanhas de Hoang Lien Son, destino popular para caminhadas e visitas turísticas aos arrozais e a aldeias típicas. É também um local culturalmente rico, com diversas minorias étnicas, que vendem artesanato e equipamento para as caminhadas. Juntamente com a baía de Halong, Sapa é um dos destinos mais populares para visitar a partir de Hanói.

Hué

Palácio Real em Hué

Localizada nas margens do rio Perfume no centro do Vietname, Hué foi a capital imperial da dinastia Nguyen. Fundada em 1802 pelo primeiro rei desta dinastia, Gia Long, a cidade manteve esse estatuto ao longo de 9 dinastias até 1945. Deste período, conserva a arquitectura, a cultura e a gastronomia. A cidadela é a principal atração da cidade, um complexo monumental de palácios, templos e muralhas, alguns dos quais em ruínas, como a Cidade Púrpura Proibida, outrora residência da família real, que foi atingida durante a guerra do Vietname.

Cidade de Ho Chi Minh

Vista do arranha-céus conhecido como Bitexco

Ho Chi Minh, outrora Saigão, fica localizada no sul do Vietname, a cerca de 200 km do delta do Mekong. A cidade foi a capital do Vietname do Sul durante a guerra do Vietname, e o quartel general das tropas americanas. Renomeada Ho Chi Minh em honra do líder vietnamita, a cidade é hoje a maior metrópole e o principal centro financeiro do Vietname reunificado.

As principais atrações incluem o Museu da Guerra do Vietname, o Palácio da Independência, também conhecido como Palácio da Reunificação, a Catedral Notre Dame de Saigão, construída entre 1863 e 1880 em tijolo vermelho importado de França, os mercados de Ben Thanh e Binh Tay, a Dong Khoi, a rua mais comercial da cidade, o Bitexco, o arranha-céus mais alto do Vietname que proporciona uma vista de 360º de Ho Chi Minh, e o pagode do imperador Jade.

Delta do Mekong

Delta do Mekong

No sudoeste do Vietname, são os coloridos mercados flutuantes, a harmoniosa paisagem de pomares, arrozais e campos de cana-de-açúcar, os santuários de aves e as aldeias pitorescas que atraem visitantes ao delta do Mekong. O labirinto de canais do rio Mekong, que se estende do golfo da Tailândia à cidade de Ho Chi Minh, fazem desta região a mais fértil do Vietname, responsável por alimentar um terço do país.

Aqui, as principais atividades são os passeios de bicicleta pelos campos de cultivo e de barco pelos canais, a observação de aves em Cao Lahn, a visita aos mercados flutuantes de Cai Be e Cai Rang e às aldeias típicas, onde se aprende e observa as vivências rurais da população autóctone.

Nha Trang

Praia de Nha Trang

Localizada numa das mais belas baías da Ásia, na costa meridional do centro do Vietname, a cidade Nha Trang é um dos principais destinos de praia do Vietname. Com 6 km de areia branca, resorts, palmeiras e um passeio marítimo, na praia de Nha Trang estão disponíveis aulas de mergulho e todo o tipo de desportos aquáticos. Destacam-se ainda a gastronomia à base de peixe e os passeios de barco às exuberantes ilhas em redor.

Hoi An

Rio junto à parte antiga de Hoi An

Um importante posto comercial asiático nos séculos XVI e XVII, a cidade costeira de Hoi An localiza-se no centro do Vietname, banhada pelo mar da China Meridional. Com uma história que remonta ao reino de Champa, com mais de 2 mil anos, a cultura tradicional, os têxteis e a arquitectura bem preservada, que combina influências ocidentais e orientais, são as principais atrações desta cidade, Património Mundial da Unesco desde 1999. Com uma atmosfera acolhedora, a cidade antiga pode facilmente ser visitada a pé. As praias de Cua Dai e An Bang, localizadas a 5 km de Hoi An, também merecem uma visita.

Santuário de My Son

Santuário e ruínas de My Son

Localizado na costa central do Vietname, próximo da aldeia de Duy Phú, a 40 km de Hoi An, o santuário de My Son foi o centro religioso do reino de Champa, que deu origem ao actual Vietname, sendo o sítio arqueológico mais importante do sudeste da Ásia. Classificado Património Mundial da Humanidade pela Unesco, neste local podem admirar-se as torres de tijolo vermelho e os santuários dedicados à deusa Shiva, ladeados por um vale exuberante.

Parque Nacional de Phong Nha-Ke Bang

Entrada de uma gruta em Phong Nha-Ke Bang

Na região central do norte do Vietname, na província de Quang Binh, este parque nacional é também Património Mundial da Humanidade. Aqui, localizam-se as mais antigas montanhas cársicas da Ásia, formadas há mais de 400 milhões de anos. Phong Nha-Ke Bang possui uma área calcária com mais de 2 mil km², e um sistema de grutas e cavernas com mais de 70 km de comprimento. A maior destas cavenas, que é também a maior do mundo, é a Hang Son Doong, com 5 km de comprimento, 200 metros de altura e 150 metros de largura. A localidade de Son Trach é a porta de entrada para o parque, possuindo uma oferta de alojamento e restaurantes.