Guia de Viagem para Visitar o Parque Nacional da Gorongosa

O Parque Nacional da Gorongosa situa-se na região central de Moçambique, no limite sul do Grande Vale do Rift. Com uma área aproximada de 4000 km², o parque possui uma biodiversidade assinalável no contexto do continente africano.

Nesta região, existem diversos ecossistemas, nomeadamente pradarias, savanas, e florestas de altitude. Ao nível da fauna, vai encontrar antílopes, leões, elefantes, crocodilos, hipopótamos, e mais de 300 espécies de aves diferentes

Sobre o Parque da Gorongosa

A protecção deste santuário natural remonta aos anos 20 do século XX quando a Companhia Majestática de Moçambique classificou parte da área actual como reserva de caça para fins turísticos. Com a guerra colonial e a guerra civil, o parque sofreu um grande revés do ponto de vista ambiental. Estima-se que cerca de 90 por cento dos mamíferos de grande porte, como elefantes, búfalos, zebras e leões, tenha desaparecido durante este período.

A partir de meados da década de 1990, começaram os primeiros esforços para reabilitar o Parque Nacional da Gorongosa com a intervenção do Governo moçambicano, do Banco Africano de Desenvolvimento e da União Internacional para a Conservação da Natureza. A partir de 2004, a Fundação Carr, uma organização não lucrativa de origem norte-americana, e o Governo de Moçambique uniram esforços para promover a reabilitação da fauna e da flora do parque.

O Que Fazer na Gorongosa

Gorongosa

Zebra no Parque Nacional Gorongosa

Os safaris de jipe são a melhor forma de descobrir o Parque Nacional da Gorongosa. Guias qualificados, em veículos abertos, levam os visitantes pelas diversas paisagens e ao encontro de vida selvagem residente.

Os antílopes e as variadas aves serão presença certa durante o passeio. Com sorte, irá avistar animais de grande porte como leões, manadas de elefantes, búfalos, zebras, hipopótamos e crocodilos.

Existem safaris ao nascer do sol, a meio do dia e ao pôr-do-sol. O custo de um safari em jipe é de $35 (cerca de €32) por pessoa. É ainda devida uma taxa diária de conservação do parque de $20.

Quando Ir

O Parque Nacional da Gorongosa pode ser visitado entre Abril e meados de Dezembro, estando encerrado durante a estação das chuvas, ou seja, até final de Março.

Como Chegar

A partir de Maputo, a LAM – Linhas Aéreas de Moçambique disponibiliza voos para a Beira, que fica localizada a 200 km da Gorongosa, cerca de 3 horas de carro.

Uma forma cómoda para visitar o Parque Nacional da Gorongosa é através dos programas de férias organizados pelas agências de viagens. A 4×4 disponibiliza um programa em Moçambique que inclui a visita à pitoresca cidade de Maputo, a exploração da biodiversidade do Parque Nacional da Gorongosa e a descoberta da Ilha de Moçambique, Património Mundial da Humanidade.

Onde Ficar na Gorongosa

A reconstrução da Gorongosa envolveu também o desenvolvimento de ecoturismo, tendo em consideração o respeito pelo meio natural. O Montebelo Gorongosa Lodge, em Chitengo, está integrado no parque e disponibiliza bungalows, villas, uma área para campismo, e diversos serviços, tais como restaurantes, piscinas, percursos pedestres, safaris e outras actividades.
Reservar agora Montebelo Gorongosa Lodge

Formalidades e Cuidados de Saúde

Para visitar Moçambique é necessário passaporte com a validade mínima de seis meses e visto turístico, que pode ser obtido no Consulado de Moçambique.

Deve ir a uma consulta do viajante nas 4 a 8 semanas anteriores para obter as vacinas e os medicamentos recomendados. Durante a estadia, deve usar repelente de insectos e vestir camisas de mangas compridas, calças e meias à noite.

Links Úteis

Site do Parque Nacional da Gorongosa: www.gorongosa.org