Guia Prático para Visitar Praga

A cidade de Praga, dividida pelo rio Vltava, surge como um aglomerado de torres e edifícios monumentais, onde cada rua é uma nova descoberta.

Capital da República Checa, situada na Europa Central, e com uma população de 1 milhão e 200 mil habitantes, a cidade é um museu ao ar livre, com um belo centro histórico, em excelente estado de conservação, e uma grande riqueza arquitectónica patente na combinação de edifícios românicos, de arte nova, cubistas e funcionalistas, com catedrais góticas e palácios renascentistas e barrocos.

Desde 1992 que o centro histórico de Praga figura na lista do Património Cultural Mundial da UNESCO. A área classificada inclui os bairros de Hradčany com o Castelo de Praga, Malá Strana/Bairro Pequeno, Staré Město/Cidade Velha com a Ponte Carlos e o bairro judeu Josefov, Nové Město/Cidade Nova e Vyšehrad.

O Que Ver

Praga é uma cidade para se passear pelos vários bairros classificados e apreciar a riquíssima história arquitetónica.

Ponte Carlos - Praga

Ponte Carlos – Praga

As pontes de Praga sobre o rio Vltava formam o cartão de visita da cidade. A mais famosa, a Ponte Carlos, liga o lado de Malá Strana ao lado da Cidade Velha, com a silhueta do Castelo de Praga ao fundo. Ao longo da ponte, podem apreciar-se as 30 esculturas em estilo barroco, que representam santos e personagens bíblicas. Para gozar plenamente a ponte e o ambiente que lá se vive, nada melhor do que atravessá-la a diferentes horas do dia.

À hora certa, entre as 9 horas da manhã e as 9 horas da noite, não pode perder o Relógio Astronómico, uma autêntica atração turística. Situado na torre da antiga Câmara Municipal, na Cidade Velha, é um dos mais antigos e complexos relógios astronómicos, construído no século XV.

O Castelo de Praga, na Colina Hradcany, domina a margem esquerda do rio Vltava, e é uma das construções mais importantes da cidade. Construído no século IX, o Castelo combina vários estilos arquitetónicos, como o românico e o gótico, resultado das ampliações a que foi sujeito. No seu interior, encontra-se a Catedral de São Vito, em estilo gótico. A catedral foi mandada construir no século XIV, mas a sua construção foi interrompida pelas guerras hussitas no século XV, até ser terminada no início do século XX.

Quando Ir – Melhor Época para Visitar

Praga é uma cidade para se visitar em qualquer estação do ano. No Inverno, os dias são mais curtos, a oferta cultural é menor e há menos turistas. No entanto, é uma altura interessante para visitar a cidade, em particular, por altura do Natal, quando a cidade se transforma num autêntico cenário de conto de fadas.

Na Primavera e no Verão, prepare-se para grandes aglomerados de turistas em qualquer parte da cidade e para filas intermináveis para visitar os principais pontos turísticos. No entanto, nesta altura do ano é quando existe o maior número de concertos e festivais de música, teatro e dança.

Como Ir

A TAP tem voos diretos de Lisboa para Praga. A companhia alemã Lufthansa tem voos de Lisboa para Praga, com escala em Munique. Visite a nossa página de pesquisa e reserva de voos.

Onde Ficar

Praga é uma cidade turística, e por essa razão o alojamento não é barato. No entanto, é possível encontrar hostels ou hotéis económicos das cadeias internacionais mais conhecidas. Para verificar as melhores ofertas de hotéis, visite a nossa página de reserva de hotéis.