Salamanca: Uma Surpresa Mesmo Aqui ao Lado

Salamanca é um destino interessante para fazer uma escapadinha.

A proximidade geográfica, a riqueza arquitectónica e a animação nocturna são motivos mais do que suficientes para fazer uma visita e apreciar as várias dimensões desta região de Castela e Leão.

A cidade é relativamente pequena e pode ser visitada a pé, já que os principais pontos turísticos estão localizados a curta distância.

  • Um passeio pela cidade pode começar pela Universidade, cuja fachada principal merece uma observação mais atenta, com o seu estilo gótico plateresco datado do início do século XVI. Aceite o desafio de encontrar o famoso sapo esculpido na intrincada fachada. Reza a lenda que os alunos que o encontrarem na primeira tentativa irão passar todos os exames.

    O interior das chamadas Escuelas Mayores não é tão esplendoroso como a fachada, mas por 10€ é possível visitar o claustro e a sala de aula onde Calderón de la Barca e Cervantes outrora se sentaram.

  • Depois, atravesse o pátio com a estátua de Frei Luis de León em direcção ao edifício das Escuelas Menores. Aqui, admire o Cielo de Salamanca, uma representação de um mapa astrológico, atribuída a Fernando Gallego. A pintura, datada do século XV, cobria o tecto da biblioteca antes de ser transferida para este local. A obra foi descoberta acidentalmente em meados do século XX durante trabalhos de renovação do edifício.

  • Plaza Mayor

  • A caminho da Plaza Mayor, aproveite para fotografar a invulgar fachada da Casa de las Conchas, um edifício em estilo gótico decorado com conchas. Construído na época dos Reis Católicos, o edifício alberga actualmente a biblioteca pública. O pátio interior também vale a pena uma visita.

  • A Plaza Mayor é o coração da cidade, e uma das maiores e mais belas praças de Espanha. Rodeada de restaurantes e bares, é um excelente local para descontrair, observar o movimento incessante de locais e turistas, e apreciar a arquitectura dos edifícios em redor da praça.

  • Pormenor da Catedral Velha de Salamanca

  • De regresso à área da Universidade, destacamos ainda a Catedral Velha de Salamanca, de estilo românico com influências góticas (século XII), separada pela capela da Catedral Nova, que começou a ser construída no início do século XVI para ser terminada dois séculos mais tarde.

  • A 500 metros, visite ainda o Convento de San Esteban, um mosteiro dominicano que é um dos mais importantes exemplares da arquitetura plateresca espanhola.

  • Ponte Romana de Salamanca

  • Dirija-se finalmente para o rio Tormes, atravesse a Ponte Romana e aprecie as vistas da cidade.

Passeio a pé no centro histórico de Salamanca

Onde Ficar

A cidade de Salamanca dispõe de uma oferta diversificada de alojamentos a bons preços.

Para uma estadia económica, recomendamos o Hostal Plaza Mayor, localizado em pleno centro histórico, com acessos fáceis para visitar os principais pontos turísticos da cidade.

O Catalonia Plaza Mayor Salamanca é outro hotel que oferece diárias a preços económicos e com uma excelente relação preço/qualidade.

Conheça todas as nossas sugestões de Hotéis no Centro Histórico de Salamanca.

Como Chegar

O automóvel é o meio de transporte mais adequado para chegar a Salamanca. De Lisboa são cerca de 470 km, saindo em direcção a Castelo Branco e à Guarda, passando depois por Cuidad Rodrigo, já em Espanha.

Do Porto, a viagem é mais curta. São cerca de 350 km com passagem por Aveiro, Viseu, Guarda e Cuidad Rodrigo, até chegar a Salamanca.