Top 10 da Noruega – O Que Ver e Fazer

A Noruega é considerada um dos mais belos países do mundo, que convida a ser explorado a pé, de carro, bicicleta ou barco, em qualquer estação do ano – no Inverno para observar as auroras boreais e no Verão para aproveitar o sol da meia-noite.

As paisagens naturais de montanhas, fiordes e cataratas são os principais encantos da Noruega. Mas o país possui também pitorescas cidades e um rico passado histórico e cultural que vale a pena conhecer.

1. Fiordes da Noruega

Os fiordes da Noruega encontram-se um pouco por todo o país. Mas os fiordes do oeste localizados na região entre Stavanger e Molde destacam-se pela sua forma: estreitos, rodeados por encostas farpadas e montanhas altas e profundas. Geirangerfjord e Nærøyfjord são dois dos mais conhecidos. Convidamo-lo a ver um filme em registo timelapse para descobrir todas as belezas desta região.

2. Bergen

Casas de Bryggen, o centro histórico de Bergen

Casas de Bryggen, o centro histórico de Bergen

Conhecida como a porta de entrada para os fiordes do oeste, Bergen é ela própria uma cidade com muito que ver. O Mercado do Peixe (Fisketorget) é uma das principais atrações, um mercado com restaurantes onde se pode provar algum do peixe mais fresco. Bryggen é um conjunto de edifícios comerciais em madeira que remonta ao tempo da liga hanseática. O conjunto foi declarado Património Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1979.

3. Ilhas Lofoten

Ilhas Lofoten

Ilhas Lofoten

As ilhas Lofoten formam um arquipélago localizado no norte da Noruega. São conhecidas por serem excelentes locais para a pesca, para assistir aos fenómenos naturais como a aurora boreal e o sol da meia-noite, e para descobrir as remotas aldeias piscatórias aninhadas nos fiordes. As Lofoten são um destino para quem procura experiências únicas em contacto com a natureza: caiaque entre ilhas, pesca, caminhadas, passeios de barco, e até surf. Não deixe de provar a gastronomia local baseada em peixe e carneiro, e de visitar o museu Viking Lofotr.

4. Stavanger

Rocha do Púlpito (Preikestolen)

Stavanger tem montanhas e praias. A região é conhecida pelo fiorde Lysefjord e pela famosa Rocha do Púlpito (Preikestolen), mas também pelas extensas praias de areia branca de Jæren – o Sola Strand Hotel, localizado na praia de Sola, oferece vistas fabulosas.

O porto de Stavanger é um importante ponto de paragem dos cruzeiros que visitam os fiordes da Noruega. As principais atrações da cidade encontram-se numa zona relativamente compacta e incluem o Rogaland Kunstmuseum que exibe arte norueguesa, a Catedral de Stavanger que é a mais bem conservada catedral medieval do país, e o Gamle Stavanger, um bairro que transporta os visitantes para a Escandinávia do século XVIII.

5. Oslo

Ópera de Oslo

Ópera de Oslo

A capital de Noruega é uma cidade moderna e descontraída, rodeada por uma paisagem natural de fiordes e montanhas. Dois terços de Oslo correspondem a florestas, parques e espaços verdes, que oferecem excelentes condições para actividades ao ar livre, tais como caminhadas e passeios de bicicleta. Mas nem por isso Oslo é menos cosmopolita. Nesta cidade, vai poder apreciar o magnífico edifício da Ópera de Oslo, e visitar os inúmeros museus, incluindo o Museu Munch.

6. Svalbard

Svalbard

Svalbard

Svalbard é um grupo de ilhas localizado no oceano Árctico, a meio caminho entre a Noruega e o Pólo Norte, que se encontra sob domínio norueguês desde 1920. É também a região permanentemente habitada mais a norte do planeta. Os menos de 3.000 habitantes concentram-se nas localidades de Longyearbyen e Barentsburg em Spitsbergen, a maior ilha do arquipélago.

Quem visita Svalbard fá-lo pela experiência árctica que a região oferece, e o contacto com a natureza no seu estado mais puro e bruto. Glaciares e montanhas escarpadas, ursos e raposas polares, renas, baleias, focas e morsas fazem parte da experiência.

7. Parque Nacional de Jotunheimen

Jotunheimen

Parque Jotunheimen

Jotunheimen, que na mitologia nórdica significa “Casa dos Gigantes”, é o nome do mais importante parque nacional da Noruega. Localizado no sul do país, a meio caminho entre Oslo, Bergen e Trondheim, o parque possui várias cadeias montanhosas, incluindo 29 das mais altas da Noruega. Também aqui se encontra Vettisfossen, a maior queda de água da Noruega, com 275 metros de altura.

O parque possui várias casas de montanha e trilhos bem sinalizados, sendo o local ideal para caminhadas, escaladas, prática de esqui e passeios de bicicleta. As opções de alojamento são muitas e variadas, desde acampar na natureza a passar a noite no Hotel Boutique Herangtunet.

8. Trondheim

Casas típicas de Trondheim

Fundada em 997, a cidade de Trondheim é hoje a terceira maior cidade da Noruega. Foi a capital da Noruega no tempo dos Vikings e o centro religioso do país durante a Idade Média. Trondheim é o destino ideal para conhecer a história da Noruega. Entre as muitas atrações históricas, destacam-se Sverresborg, um castelo restaurado do século XII, e Nidaros, a catedral medieval mais a norte do mundo.

9. Tromsø

Tromso

Vista panorâmica de Tromso

Tromsø é a maior cidade do nordeste da Noruega, conhecida pelos edifícios setecentistas de madeira e a beleza da área circundante. Localizada 350 km a norte do Círculo Polar Ártico, na ilha de Tromsoya, Tromsø é um dos melhores locais para observar as auroras boreais. O fenómeno ocorre entre finais de Setembro e finais de Março. No entanto, as condições meteorológicas, nomeadamente a nebulosidade e a quantidade de actividade solar, difíceis de prever, ditam as hipóteses de a observação ser concretizada.

A cidade possui vários museus com interesse. O aquário Polaria e o museu Polar oferecem experiências árcticas. O topo da montanha de Storsteinen oferece uma vista panorâmica sobre os fiordes e as montanhas da região. Para lá chegar, basta fazer uma viagem de 4 minutos no teleférico Fjellheisen.

No aquário Polaria, a alimentação e o treino das focas são um momento divertido que ocorre diariamente entre as 12h30 e as 15h30 no Inverno, e entre as 12h30 e as 15h no Verão.

10. Ålesund

Vista de Ålesund

A pitoresca de Ålesund é a porta de entrada para os fiordes do noroeste da Noruega. A cidade no seu conjunto possui uma arquitectura no estilo Art Nouveau (Jugendstil) muito consistente, já que foi totalmente reconstruída após um incêndio devastador em 1904. Visite o Jugendstilsenteret, ou Centro de Art Nouveau, para saber mais sobre este estilo arquitectónico. Suba os 418 degraus até Fjellstua para uma panorâmica do arquipélago. Pode parecer muito, mas lembre-se que no topo poderá ter a recompensa de um gelado no Café Fjellstua, acompanhado de uma vista deslumbrante.