Verona: Uma História de Amor Intemporal

A meio caminho entre Milão e Veneza, Verona é conhecida por ser o palco dos amores de Romeu e Julieta, mas a cidade tem muitas outras atracções para descobrir.

O centro histórico integra a lista do Património Mundial da Unesco, distinguido pela sua arquitectura e estrutura urbana. De facto, esta cidade italiana destaca-se por possuir um número significativo de monumentos bem preservados que remontam à Antiguidade e aos períodos medieval e renascentista.

Verona está situada na região de Veneto, no norte de Itália, e tem excelentes acessibilidades a partir dos principais centros urbanos de Itália – cerca de uma hora de viagem de Veneza e menos de duas horas de Milão.

O Que Ver

Ponte Pietra

Num passeio de dia inteiro ou numa escapadinha de dois dias, existem alguns pontos de referência que devem fazer parte de qualquer visita a esta cidade. Os principais monumentos e lugares de interesse estão concentrados no centro histórico da cidade, e a melhor forma de os descobrir é a pé.

  • A Arena Romana, construída no século I, é o terceiro maior anfiteatro da Antiguidade, depois do Coliseu de Roma e a arena de Cápua. Graças a sua impressionante acústica é desde 1913 palco de diversos concertos. No Verão, são geralmente apresentadas quatro óperas, entre Junho e Agosto.

  • A Ponta Pietra sobre o rio Adige é outro dos símbolos da cidade, que representa o legado da civilização romana.

  • Depois de apreciar estes ícones de Verona, siga para a Via Mazzini, a rua mais elegante da cidade com diversas lojas, restaurantes e galerias, até chegar à famosa Casa da Julieta (Casa di Giulietta, Via Cappello, 23), palco dos amores de Romeu e Julieta. Não é preciso pagar para ver a varanda e a estátua de bronze de Julieta (ou tocar no seu seio direito para ter sorte no amor). A entrada para visitar o interior da casa custa 6 euros.

  • Outros locais a não perder são o Castelvecchio, datado do século XIV, a Torre dei Lamberti, com vistas impressionantes sobre a cidade, a Catedral e o Teatro Romano, localizado no nordeste da cidade.

  • Na hora de comer não faltam locais de eleição para saborear a gastronomia local. Ao contrário de Veneza, em Verona é possível ir a um restaurante sem ficar com a carteira vazia. Boas pizzas encontram-se nos restaurantes Bela Napoli (via Marconi, 14) e Bottega dei Vini (vicolo Scudo di Francia, 3A). Já para petiscar, o Al Mascaron (Piazza San Zeno, 16) é um local de referência.
Visita turística a Verona

Passeio no centro histórico de Verona

Onde Ficar

Varanda de Julieta

Os melhores hotéis de Verona ficam situados no centro histórico da cidade (Citta Antica). O Hotel Accademia de 4 estrelas tem uma localização privilegiada a poucos metros da Arena de Verona. O Hotel Verona de 3 estrelas é uma boa opção no bairro Porta Nova e na proximidade da estação de comboios de Verona.

Consulte a lista completa dos melhores hotéis de Verona.

Como Chegar

Verona é servida por comboios de alta velocidade. A partir de Milão (estação Milano Centrale), pode optar pelo Frecciarossa ou pelo comboio regional da Trenitalia, com preços desde 19€ e 13€, respetivamente. A viagem tem a duração aproximada de 1h15 no comboio de alta velocidade, ou 1h50 no regional.

A partir de Veneza (estação Venezia Santa Lucia), a viagem pode demorar menos de uma hora no comboio de alta velocidade, e custar cerca de 18€. A viagem no Trenitalia RV – Regionale Veloce demora um pouco mais de uma hora, mas custa cerca de metade.