Visitar o México: Entre o Passado e o Presente

0

O México é um país de contrastes onde os empreendimentos turísticos convivem com cidades históricas imponentes, onde paisagens áridas ou vulcões cobertos de neve medeiam com praias tropicais paradisíacas, e onde a História com raízes indígenas e espanholas se interligam.

O país faz fronteira com os Estados Unidos a Norte e com a Guatemala e o Belize a Sudeste, possuindo uma linha de costa com cerca de 9.500 km de extensão, e sendo banhado pelo Mar das Caraíbas a Este e pelo Oceano Pacifico a Oeste. A população do México é superior a 107 milhões de habitantes, sendo que a capital é habitada por cerca de 20 milhões de pessoas.

De acordo com a Organização de Turismo Internacional (WTO), o México é o sétimo país mais visitado do Mundo, com mais de 20 milhões de turistas por ano. A indústria do turismo centra-se essencialmente no turismo associado aos resorts, principalmente em destinos como Acapulco, Cancun ou Puerto Vallarta, Playa del Cármen ou San Cristobal de las Casas.

O Que Ver

O centro histórico da Cidade do México foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO em 1987, sendo a Plaza de la Constitución, também conhecida por el Zócalo, um dos principais pontos de interesse. Esta praça foi pavimentada pela primeira vez em 1520, sob as ordens de Hernán Cortés, com pedras provenientes dos templos e palácios da cidade azteca de Tenochtitlán, sobre a qual foi construída a capital.

Táxis característicos da Cidade do México

Táxis característicos da Cidade do México

O el Zócalo é maioritariamente ocupado pelo Palácio Nacional que foi a residência oficial dos reis de Espanha na época da colonização, albergando hoje o museu da História do país, sendo ainda a sede de diversos departamentos ministeriais. Na parte Norte situa-se a catedral Metropolitana construída em 1520 pelos espanhóis. Próximo da catedral, podem-se encontrar vestígios do Templo Mayor, o principal santuário azeteca, bem como um museu dedicado a este templo com diversos objectos de interesse arqueológico.

La Alameda, antigo mercado azeteca, é hoje um parque aprazível rodeado por ruas que incorporam uma mistura de mansões coloniais, arranha-céus, restaurantes, cafés e mercados. O Chapultepec é o maior parque da cidade e reúne diversos museus, vendedores ambulantes, parques de diversões, e a residência oficial do Presidente da República.

Outros pontos de interesse são a basílica da Guadalupe, as casas coloniais de San Ángel, a pirâmide de Cuicuilco, os canais de Xochimilco, a praça Garibaldi, onde pode encontrar diversos grupos de mariachis, ou a Zona Rosa dedicada à diversão nocturna.

A cerca de 50 km do centro da capital situa-se a mais antiga cidade do México: Teotihuacán. Esta cidade foi a primeira capital da primeira grande civilização mexicana e crê-se que durante o século VI habitassem nesta cidade cerca de 200 mil pessoas, tendo sido classificada Património da Humanidade pela UNESCO em 1987. Numa visita a este local não deve deixar de contemplar avenida de los Muertos, a pirâmide do sol, com quase 70 metros de altura, a pirâmide da lua e o templo de Quetzacóatl.

A segunda maior cidade do país, Guadalajara, situada no estado de Jalisco, é a fonte da maioria das tradições e particularidades do povo mexicano. É desta cidade que provêm os mariachis, a tequila, ou o rodeo mexicano. Pode-se considerar que Guadalajara possui todas as virtudes da capital com uma cultura vibrante, belos museus, galerias e boa gastronomia. Os principais atractivos desta cidade são a grande catedral com as suas torres gémeas, o Instituto Cultural de Cabañas e a praça de los Mariachis com música e animação a qualquer hora do dia.

A cidade de Taxco, onde vive “o maior povo de artesãos do mundo”, é conhecida como a capital Mundial da Prata, onde cerca de três quartos da população trabalha em ofícios relacionados com o trabalho deste metal. Taxco é de facto o centro da joalharia e detém o estatuto de Monumento Histórico Nacional, atraindo milhares de turistas que procuram objecto prateados únicos feitos pelos artificies locais. A Igreja de Santa Prisca com as suas tonalidades multicolores, as ruas empedradas, o barroco mexicano estampado nas casas, as lojas singulares e o artesanato de prata que se exibe por toda o lado, são o principal chamariz desta cidade.

Vestígios Maias - Chichén Itzá

Vestígios Maias - Chichén Itzá

A cidade de Oaxaca, situada na cadeia montanhosa apelidada de Sierra Madre, é uma mescla de arquitectura colonial e ambiente indígena com os seus mercados, artesanato e vivências zapotecas e mixtecas ainda presentes. Não deixe de visitar os diferentes mercados e centros de artesanato espalhados pela cidade. A partir de Oaxaca, podem ser realizadas diversas excursões de um dia às ruínas dos montes Albán, Cuilapán, Yagul e Mitla.

A Península de Yucatán é a porta de entrada para o mundo da civilização Maia e é nesta região que se pode encontrar o maior número de vestígios arqueológicos, traduzidos nas impressionantes ruínas de Uxmal e Chichén Itzá, ambos proclamadas Património Mundial pela UNESCO em 1996 e 1988, respectivamente.

Puerto Vallarta, uma cidade pitoresca situada próximo da Bahía de Banderas a Oeste da capital, e Acapulco situada a Sul, ambas no Oceano Pacifico, são as duas mais importantes regiões de turismo do país, onde não faltam grandes empreendimentos turísticos, praias de areia branca e águas amenas, palmeiras e muita diversão.

Quando Ir

A melhor época para visitar o México é entre os meses de Outubro e Maio, quando o clima é seco e as temperaturas amenas. O período mais frio ocorre entre Dezembro e Fevereiro, quando os ventos de Norte sopram com mais intensidade.

Refira-se que a cidade do México se encontra permanentemente sob o efeito do smog originado pelos elevados índices de poluição, atingindo o seu pico entre os meses de Dezembro e Maio.

Como Ir

Não existem ligações aéreas directas entre Portugal e o México. A melhor opção é através da companhia aérea espanhola Ibéria que faz a ligação entre Lisboa/Porto e a cidade do México, com escala em Madrid.

Se optar por um pacote de viagem, existem diversas opções. A agência Abreu tem diversos programas pelo território mexicano, incluindo a Riviera Maya, com ofertas de sol e praia, e circuitos dedicados à cultura e ao lazer.

O circuito “México Arqueológico”, organizado pela agência de viagens 4×4, passa pela Cidade do México, Puebla, Oaxaca, Tuxtla Gutierrez, San Cristobal De Las Casas, Palenque, Campeche, Uxmal, Mérida, Chichen Itza e Cancun, numa viagem de 13 dias.

A agência de viagens 4×4 propõe vários outros programas, entre os quais uma viagem de 10 dias para a cidade do México, Taxco e Acapulco, e o circuito “O Grande Mundo Maia” com a duração de 16 dias.

Onde Ficar

Para verificar as melhores ofertas de hotéis no México visite o site Booking.com

Informações Úteis

Para visitar o México necessita apenas de passaporte válido. Para mais informações sobre o México, consulte o site do Turismo Oficial do México.

Partilhar.